Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Morre Severo Luzardo, carnavalesco da União da Ilha do Governador

    Artista plástico tinha 59 anos e fazia tratamento contra um câncer de pulmão

    Último trabalho de Severo Luzardo poderá ser conferido pelos foliões no dia 20 de abril, durante desfile da agremiação
    Último trabalho de Severo Luzardo poderá ser conferido pelos foliões no dia 20 de abril, durante desfile da agremiação Severo Luzardo/Instagram/Reprodução

    Stéfano Sallesda CNN

    no Rio de Janeiro

    A poucas semanas para os desfiles de carnaval do Rio de Janeiro, adiados em janeiro, por conta do avanço da variante Ômicron do coronavírus, a festa perdeu um de seus importantes nomes. Aos 59 anos, o carnavalesco Severo Luzardo morreu no sábado (12), vítima de um câncer de pulmão que tratava havia três anos.

    Gaúcho de Uruguaiana, Severo Luzardo iniciou a carreira como figurinista. Atualmente, comandava os trabalhos nos barracões da União da Ilha do Governador que, neste ano, desfilará na Série Ouro, equivalente à segunda divisão da festa.

    O carnavalesco passou por outras agremiações do Rio, como Império Serrano, Paraíso do Tuiuti e a niteroiense Acadêmicos do Cubango.

    Ele atuou ainda em escolas gaúchas: foi campeão de Uruguaiana com Os Rouxinóis e, em Porto Alegre, trabalhou na Bambas da Orgia.

    Como figurinista, Luzardo trabalhou em produções de cinema e televisão, com ênfase em novelas. A União da Ilha do Governador declarou luto oficial pela morte do artista plástico, que assinou três desfiles pela agremiação: “Nzara NDembu”, em 2017, “Brasil bom de boca” (2018) e “A peleja poética entre Rachel e Alencar no Avarandado do Céu”, em 2019.

    Em 2022, a escola da Ilha do Governador levará para a Marquês de Sapucaí o enredo “O vendedor de orações”, que busca exaltar a fé em Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil. Severo assina o desfile ao lado do carnavalesco Cahê Motta.

    O corpo do artista será velado neste domingo (13), entre 13h e 15h, na quadra da União da Ilha do Governador, no Cacuia, Zona Norte do Rio de Janeiro. Ainda não há informações sobre o sepultamento.

    O último trabalho de Severo Luzardo poderá ser conferido pelos foliões no dia 20 de abril, quando a agremiação será a quinta a se apresentar, na passarela do samba, no primeiro dia de desfiles da Série Ouro.