Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Motorista de Porsche causa acidente fatal e foge do local, na Zona Leste de SP

    Mãe do condutor mencionou que levaria o filho ao Hospital São Luiz Ibirapuera devido a um ferimento na boca, mas fugiu com ele

    Motorista de Porsche causa acidente fatal e foge do local, na Zona Leste de SP
    Motorista de Porsche causa acidente fatal e foge do local, na Zona Leste de SP Reprodução/ Redes Sociais

    Thomaz Coelhoda CNN*

    O motorista de um Porsche 911 colidiu na traseira de um Renault Sandero na madrugada deste domingo (31), na Avenida Salim Farah Maluf, no bairro Tatuapé, na Zona Leste da cidade São Paulo. Segundo a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP-SP), o condutor do Sandero, identificado como Ornaldo da Silva Viana, de 52 anos, foi socorrido e encaminhado ao hospital Tatuapé, onde não resistiu e veio a óbito.

    Segundo o boletim de ocorrência, o Porsche 911 era dirigido por Fernando Sastre De Andrade Filho que, após o acidente, fugiu do local, e é procurado pelas autoridades. A mãe do motorista compareceu no acidente e disse que levaria o filho ao Hospital São Luiz Ibirapuera, devido a um ferimento na boca, mas não há confirmação da entrada do condutor em qualquer hospital da rede São Luiz, e as tentativas de contato com ele foram frustradas.

    O passageiro do Porsche, Marcus Vinicius Machado Rocha, foi socorrido e permanece sob cuidados médicos no Hospital São Luiz Tatuapé. O carro de luxo, com ano de fabricação de 2023, na cor azul, vale em torno de R$ 1 milhão.

    Segundo relatos de testemunhas, o Porsche estava em alta velocidade, acima do limite permitido na via, de 50 km/h. Além disso, testemunhas que estavam em outro veículo, um HB20, afirmaram que o Porsche realizou uma ultrapassagem em alta velocidade antes de colidir com o Sandero.

    A Polícia Militar (PM) permaneceu no local para preservar a cena do acidente, enquanto aguardava a perícia nos veículos envolvidos. Além disso, foi requisitado a remoção do corpo da vítima para exame necroscópico no Instituto Médico Legal (IML). O caso segue sob investigação para determinar as circunstâncias precisas do acidente e as responsabilidades envolvidas.

    *Sob supervisão de Duda Cambraia