Movimento das estradas de SP sobe 10% na última semana e indica “relaxamento”

O movimento de veículos nas estradas do estado de São Paulo cresceu 10% da semana de 25 a 31 de março para a semana de 1º a 7 de abril

Painéis, como este, na rodovia dos Tamoios, tentam conscientizar motoristas para não viajar (7.abr.2020)
Painéis, como este, na rodovia dos Tamoios, tentam conscientizar motoristas para não viajar (7.abr.2020) Foto: Divulgação - DER / Rodov

Pedro Duran

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

O levantamento exclusivo feito pela CNN com base em dados da Secretaria Estadual de Logística e Transportes mostra que o movimento de carros nas estradas de São Paulo subiu 10% da primeira para a segunda semana de quarentena.

Os dados mostram que entre 25 e 31 de março, 1,892 milhão de veículos foram contabilizados circulando pelas estradas paulistas. Na semana seguinte, de 1º a 7 de abril, o número subiu para 2,084 milhões de veículos. Nas semanas anteriores, o Departamento de Estradas e Rodagens (DER) já havia registrado queda gradual na circulação de carros: de 3,886 milhões para 2,472 milhões.

Autoridades do governo do estado e prefeitos de cidades litorâneas e do interior vêm demonstrando preocupação com a chegada do feriado da Páscoa. Uma reunião realizada no início da noite desta terça-feira (7) com os secretários de Desenvolvimento Regional e Turismo do governo de João Doria (PSDB) e prefeitos de estâncias turísticas deixou claro o receio.

Atendendo a pedido de prefeitos, o governador João Doria fez um apelo na entrevista coletiva diária desta quarta-feira (8) para que as pessoas não viajassem no feriado. “Eu faço um apelo às famílias que, por favor, não se dirijam ao litoral de São Paulo. É um apelo que faço como governador do estado: permaneçam em casa”, pediu ele.

Campanha nas estradas

As falas dele e do coordenador do centro montado especialmente para evitar o avanço do coronavírus, David Uip, foram replicadas nas redes institucionais do governo na internet.
 

Órgãos do governo estadual têm feito campanhas em redes sociais e nos painéis eletrônicos que ficam suspensos em estradas para conscientizar os motoristas sobre a circulação em tempos de quarentena. As mensagens sugerem que eles viagem apenas em caso de necessidade e evitem viajar no feriado de Páscoa, a partir da próxima sexta-feira (10).

Nos 11 mil quilômetros de 25 das estradas administradas pelo DER são 50 painéis com essas imagens (veja foto acima). O mesmo está sendo replicado em rodovias concessionadas, como a Rodovia Anchieta e a Rodovia dos Imigrantes, que ligam São Paulo ao litoral sul e a Rodovia Presidente Dutra, que liga São Paulo ao Rio de Janeiro.

Acidentes caem

O número de acidentes registrados por todas estradas administradas pelo DER caiu gradualmente entre os dias 9 e 29 de março, na comparação com o mesmo período de 2019. No total de acidentes com e sem vítimas, a soma das três semanas registrou queda de 965 para 758 ocorrências, o que equivale a 22% de diminuição. Já o número de pessoas feridas ou que morreram em decorrência desses acidentes caiu de 668 para 589, 12% a menos. As mortes caíram de 35 para 30.

Na última semana contabilizada – entre 23 e 29 de março – a quarentena já estava em vigor no estado de São Paulo, onde ela passou a valer no dia 24. Neste período a queda é mais brusca, tanto na comparação com a mesma semana do ano anterior, quanto nas outras semanas de março. O número total de acidentes nesse período foi de 167, equanto a semana anterior teve 290 ocorrências e a semana equivalente de 2019 teve 303 casos.

Mais Recentes da CNN