MPF apura baixo empenho de recurso público para a Covid-19 e mais de 3 de junho

As informações mais importantes do começo desta quarta-feira (3)

Da CNN

Ouvir notícia

O novo recorde diário de mortes por Covid-19 no Brasil, a investigação sobre a execução orçamentária do Ministério da Saúde durante a pandemia e o oitavo dia de manifestações contra a violência policial após a morte de George Floyd são alguns dos destaques da manhã de quarta-feira, 3 de junho de 2020.

Covid-19

O Brasil registrou um novo recorde de novas mortes pelo novo coranavírus. Em 24 horas, 1.262 pessoas morreram em decorrência da Covid-19 no país, que já soma 31.199 óbitos pela doença.

MPF

O Ministério Público Federal determinou a abertura de um inquérito para apurar o baixo empenho de recursos públicos no combate ao novo coronavírus. Segundo o MPF, o Ministério da Saúde teria utilizado apenas 6,8% dos recursos disponibilizados, o que equivalente a R$ 804 milhões.

Inquérito das fake news

O ministro Edson Fachin negou o pedido de arquivamento do inquérito sobre fake news e ofensas à Corte. O julgamento do mérito da ação está marcado para o dia 10 de junho.

Vazamento de dados

O presidente Jair Bolsonaro disse, em post nas redes sociais, que o vazamento dos dados pessoais dele por hackers do Anonymous Brasil seria uma forma de intimidação. Segundo ele, medidas legais estão em andamento para que os crimes não fiquem impunes. Os hackers também vazaram informações sobre dois filhos do presidente, além de integrantes do governo.

George Floyd

Os Estados Unidos viveram o oitavo dia consecutivo de manifestações contra a violencia policial após a morte de George Floyd. Familiares e amigos de Floyd fizeram o primeiro pronunciamento público durante ato em Minneapolis. A mãe da filha de seis anos de Floyd, afirmou que os policiais tiraram a vida dele e foram para casa como se nada tivesse acontecido.  

Newsletter

Para receber as principais notícias todos os dias no seu e-mail, cadastre-se na nossa newsletter 5 Fatos em newsletter.cnnbrasil.com.br

(Edição: Sinara Peixoto)

Mais Recentes da CNN