Mulher morre em mercado após confusão com cliente que não quis usar máscara

A Prefeitura de Araucária decretou como obrigatório o uso de máscaras na cidade, e nenhum estabelecimento pode receber clientes sem o equipamento de proteção.

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

Uma funcionária de um supermercado de Araucária, na região metropolitana de Curitiba, morreu baleada nesta terça-feira (28) depois de uma briga envolvendo um cliente que não queria obedecer a um decreto municipal que obriga o uso de máscaras em estabelecimentos comerciais. Ela tinha 44 anos.

O cliente, de aproximadamente 55 anos, foi advertido por um fiscal do estabelecimento de que o uso de máscara era obrigatório. O funcionário chegou a oferecer uma máscara ao homem — que respondeu dando um soco no fiscal.

A agressão chamou a atenção de outros funcionários do mercado, que acionaram o serviço de segurança privado do local. O homem então brigou com um segurança, de quem tentou roubar a arma. Na confusão, um tiro atingiu a costela do próprio cliente. Outro, o pescoço da funcionária, que morreu no local.

A Prefeitura de Araucária decretou como obrigatório o uso de máscaras na cidade, e nenhum estabelecimento pode receber clientes sem o equipamento de proteção.

O cliente foi levado para o Hospital do Trabalhador, em Curitiba, onde está sendo acompanhado pela Guarda Municipal de Araucária. Após receber alta, o homem será levado para a delegacia, onde irá prestar esclarecimentos.

Tópicos

Mais Recentes da CNN