Na pandemia e depois de um ano, ciclofaixas são reativadas em São Paulo

Ciclistas terão que usar máscaras em todo o trajeto e respeitar recomendações de distanciamento social

Ciclofaixa de lazer na cidade de São Paulo: reabertura depois de quase um ano
Ciclofaixa de lazer na cidade de São Paulo: reabertura depois de quase um ano Foto: Divulgação Governo de São Paulo

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

Uma das principais alternativas de lazer dos paulistanos estará de volta neste domingo (19), depois de quase um ano em que ficaram desativadas: são as ciclofaixas nas ruas e avenidas da cidade.

A retomada da montagem das faixas especiais para ciclistas, delimitadas com cones e funcionários que sinalizam o momento de parada em cruzamentos, só foi possível com o relaxamento das medidas de restrição à circulação na cidade de São Paulo tanto pela prefeitura como pelo governo do estado.

A capital paulista está na chamada fase amarela do plano São Paulo.

Serão 117 quilômetros de extensão das ciclofaixas, que funcionarão das 7h às 16h, sempre aos domingos e em feriados.

Leia também: 
SP estuda antecipar cinemas, teatros, academias e feiras para fase amarela
Vendas de bicicletas crescem 50% em todo o país durante a pandemia

A prefeitura acertou uma parceria com a Uber, empresa de aplicativo de transporte, para bancar os custos de montagem e de operação das ciclofaixas, que foram desativadas em agosto de 2019.

Veja abaixo os trechos que serão reativados:

– Av. Paulista / Jabaquara

– Av. Paulista / Centro

– Jabaquara / Parque Ibirapuera

– Parque Ibirapuera / Av. Sumaré

– Parque Ibirapuera / Parque do Povo

– Parque do Povo / Parque Villa Lobos

– Parque do Chuvisco / Parque do Povo

– Zona Norte

– Zona Leste.

 

Mais Recentes da CNN