Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Não há risco de queda, diz Defesa Civil à CNN sobre prédio que sofreu colapso estrutural em SP

    Edifício com 133 apartamentos foi evacuado na tarde desta terça (13) em Praia Grande

    Da CNN*

    São Paulo

    O prédio em Praia Grande, no litoral paulista que sofreu um colapso estrutural nesta terça (13) “não corre risco de desabar”, disse à CNN o tenente-coronel Maxwell de Souza, porta-voz da Defesa Civil do Estado de São Paulo.

    “Ao longo das últimas horas, não houve novos abalos. Nenhum novo dano em outra estrutura, em outra coluna. Então, uma situação segura”, explicou o porta-voz.

    No inicio da tarde, o prédio residencial com 133 apartamentos foi evacuado depois que técnicos da Defesa Civil identificaram um colapso estrutural em três colunas da edificação. O problema foi constatado no subsolo. Não há feridos.

    Barulho de “explosões”

    Segundo o porta-voz, moradores relataram ter ouvido “barulhos como se fossem de explosões”.

    Na edificação, aconteceu um cisalhamento, que causou a explosão do concreto que cerca as ferragens nas colunas. “Então voa concreto para todo lado e as vigas ficam à mostra”.

    De acordo com o tenente-coronel, apenas um laudo “vai poder apontar o que de fato causou esse abalo nessas colunas”.

    A expectativa, segundo a Defesa Civil, é que a construtora e a administradora do prédio apresentem documentos à Prefeitura de Praia Grande para que as autoridades indiquem quais tipos de obras precisarão ser feitas para o prédio voltar a ser ocupado no futuro.

    Situação “estável”

    No momento, caminhões estão levando estacas para o edifício, segundo o tenente-coronel. Elas servirão para fazer a sustentação no subsolo, completou o porta-voz, dizendo que a situação no local é “estável”.

    Moradores, com o auxílio do Corpo de Bombeiros, receberam permissão para voltar ao edifício e retirar pertences e até animais de estimação dos apartamentos. Mas está descartado o retorno deles para suas residências nesta noite. “Não vai ficar ninguém no prédio, não vai dormir ninguém no edifício”.

    *Publicado por Nathan Lopes