Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    No Rio, PF prende russo procurado pela Interpol há dez anos

    Segundo as autoridades russas, o preso é responsável por utilizar cartões públicos corporativos fraudulentamente e apropriar-se do dinheiro desviado

    Elijonas Maiada CNN

    Brasília

    Nesta sexta-feira (10), um estrangeiro russo de 41 anos foi preso pela Polícia Federal. Segundo a PF, ele constava como procurado na Difusão Vermelha da Interpol e estava foragido da Justiça da Rússia há mais de dez anos.

    Segundo as autoridades russas, o preso é responsável por utilizar cartões públicos corporativos fraudulentamente e apropriar-se do dinheiro desviado. Caso seja condenado pela Justiça russa, o estrangeiro pode pegar pena de até dez anos de prisão.

    A PF vai investigar, também, como o russo entrou no Brasil e como e onde ele se manteve durante tanto tempo sem ser capturado.

    O estrangeiro foi levado ao sistema prisional do Rio de Janeiro, onde permanecerá até a extradição definitiva para a Rússia.

    O mandado de prisão preventiva para fins de extradição foi expedido pelo Supremo Tribunal Federal na última quarta-feira (8), após pedido formulado pelo Escritório Central Nacional da Interpol em Brasília.