Resultado, matrícula, lista de espera: o que você precisa saber sobre o Sisu

Ministério da Educação divulgou o resultado da chamada regular do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) nesta terça-feira (10)

Foto: Getty Images (saulgranda)

Lucas Rocha, da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) é o principal mecanismo de acesso aos cursos de graduação de universidades, centros universitários e faculdades públicas. O critério para ingresso nas instituições é a nota obtida no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

O Ministério da Educação (MEC) divulgou nesta terça-feira (10), o resultado da chamada regular do Sisu do segundo semestre de 2021. A consulta pode ser realizada na página do Sisu e nas instituições de ensino.

Os candidatos selecionados deverão efetivar a matrícula ou registro acadêmico na instituição para a qual foram selecionados, entre os dias 11 e 16 de agosto. Os dias, horários e locais de atendimento são definidos pelas instituições em edital próprio.

Pode participar do Sisu quem fez o Enem e não tirou zero na redação. A seleção é feita com base nas notas que o candidato obteve na prova. O método de escolha varia conforme o curso e a instituição uma vez que os pesos das notas em cada matéria são diferentes, conforme a área de interesse.

Chamada de espera

Os candidatos não selecionados na chamada única poderão manifestar interesse por meio da lista de espera do Sisu, entre os dias 10 e 16 de agosto. Para a lista de espera, só poderá ser feita a escolha por um dos cursos selecionados no momento da inscrição.

Os inscritos devem acompanhar as convocações efetuadas pelas instituições para o preenchimento das vagas, observando os prazos, procedimentos e documentos exigidos para matrícula ou registro acadêmico.

O resultado da lista de espera será divulgado no dia 18, com a convocação para a matrícula no dia 19.

De acordo com o MEC, a lista de espera é utilizada, prioritariamente, pelas instituições participantes do Sisu para preenchimento das vagas eventualmente não ocupadas na chamada regular.

Mais de 62 mil vagas oferecidas

Foram disponibilizadas 62.365 vagas em universidades e outras instituições de ensino superior, este ano. Cada candidato teve a oportunidade de escolher até dois cursos superiores, com a possibilidade de alterar as opções até o encerramento das inscrições.

*Com informações de Pedro Peduzzi, da Agência Brasil

Mais Recentes da CNN