Óleo na pista provoca o cancelamento e atraso de voos no Aeroporto Santos Dumont

Mais de vinte voos entre chegadas e partidas foram suspensos

Foto: Isabelle Saleme, da CNN, no Rio de Janeiro

Isabelle Saleme, da CNN, no Rio de Janeiro

Ouvir notícia

Um acidente com óleo na pista principal do aeroporto Santos Dumont gerou o atraso de mais de vinte voos. A pista precisou ser fechada. O vazamento aconteceu durante manutenção de desemborrachamento de pista.

Segundo a assessoria de imprensa do terminal, esse processo é comum. Sempre que tem atrito do pneu da aeronave com a pista, no pouso por exemplo, partículas de borracha se soltam e ficam acumuladas na pista. O material vai se acumulando e com o tempo se torna necessário retirar a borracha do solo. 

O saguão do Aeroporto Santos Dumont ficou cheio durante a manhã desta quarta-feira (10). A equipe de vôlei feminino do Sesc Flamengo, que embarcaria para Campinas para jogar em Bauru pela Superliga, teve que se deslocar para o Aeroporto Internacional Tom Jobim, o Galeão. O destino também foi alterado para Guarulhos.

Não foi só o time que teve problemas. Por volta das 08h, no Santos Dumont, havia passageiros com voos atrasados há mais de duas horas e sem expectativa de embarque. As filas no atendimento das companhias aéreas era grande. Muitas pessoas se queixavam da falta de informações e também de voos disponíveis.

Equipes trabalharam na limpeza e descontaminação do local para permitir a reabertura. Enquanto isso, a pista auxiliar do aeroporto permanece liberada para as operações que nela são permitidas.

Mais Recentes da CNN