Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Operação da PF resgata 16 trabalhadores em condições análogas à escravidão em MG

    Trabalhadores foram encontrados em plantações de café

    Trabalhadores resgatados foram aliciados no interior da Bahia, informou PF
    Trabalhadores resgatados foram aliciados no interior da Bahia, informou PF Divulgação / Governo Federal

    Da CNN Belo Horizonte

    Uma operação coordenada envolvendo a Polícia Federal resgatou 16 trabalhadores que vivam em condições análogas à escravidão em plantações de café nos municípios de Santa Rosa da Serra e Campos Altos, em Minas Gerais, segundo informações publicadas neste sábado (8).

    A ação foi deflagrada na segunda-feira (3), após denúncias. Segundo a PF, os trabalhadores foram encontrados em condições degradantes e insalubres.

    A mobilização também teve participação do Ministério do Trabalho e Emprego, através da Gerência Regional do Trabalho em Uberaba, e o Ministério Público do Trabalho.

    Os trabalhadores resgatados foram aliciados no interior da Bahia e encontrados em situação de vulnerabilidade, sem acesso a condições mínimas de segurança, saúde e dignidade, informou a PF.

    Segundo as informações, nesta sexta-feira (7), os 16 trabalhadores receberam cerca de R$ 90 mil em verbas salariais e rescisórias.

    Os trabalhadores também terão direito a três parcelas de seguro desemprego e tiveram seu retorno aos locais de origem garantido. O Ministério Público do Trabalho ainda está em negociação de indenização por danos morais individuais em favor dos trabalhadores.

    Durante as operações, foram realizadas inspeções nas propriedades rurais denunciadas, e os responsáveis foram identificados e podem ser investigados pelos crimes de redução a condição análoga à de escravo, além de outras infrações trabalhistas.

    Os empregadores serão notificados e investigados.