Pandemia derruba visitas ao Cristo Redentor; monumento faz 90 anos em 2021

Em dezembro de 2020, período considerado alta temporada, foram 33 mil visitantes. Já no ano anterior, o número foi de quase 100 mil pessoas no mesmo mês

Thayana Araujo e Beatriz Puentes, da CNN, no Rio de Janeiro

Ouvir notícia

 

O Cristo Redentor completa 90 anos em 2021, mas com público bem abaixo da média. Desde a reabertura em agosto, o ponto turístico tem recebido só 35% dos visitantes do período anterior à pandemia do novo coronavírus. 

A queda se deve também a protocolos sanitários, que recomendam redução no número de acessos para manter o distanciamento social. Em dezembro de 2020, período considerado alta temporada, foram 33 mil visitantes. Já no ano anterior, o número foi de quase 100 mil pessoas no mesmo mês.

Leia também:
RJ: Surto de Covid-19 em casa de repouso mata idosa e infecta outros 75
Sem dinheiro em caixa, RJ paga salários de dezembro com arrecadação de 2021

O ponto turístico está aberto diariamente para visitação das 8h às 19h, com entradas a partir de R$ 25,30 para estimular o turismo local. Entre as regras de segurança estão o uso de máscara obrigatório e o distanciamento de pelo menos 2 metros entre as pessoas. Também é proibido deitar no chão para tentar tirar a famosa foto em frente ao Cristo. 

Por conta da pandemia, o monumento chegou a ficar fechado por cinco meses. O Cristo completa 90 anos no dia 12 de outubro e passa por um processo de restauro para comemorar a data.

 

 

Mais Recentes da CNN