Para Twitter, aumento de seguidores em perfis é resultado de oscilações orgânicas

Entidade que acompanha atividades de robôs na rede social identificou o aumento de mais de 100 mil seguidores no perfil do presidente Jair Bolsonaro (PL) em dois dias

Aplicativo do Twitter
Aplicativo do Twitter Divulgação

Daniel Adjuto

Ouvir notícia

O Twitter comunicou nesta quarta-feira, após pedido da CNN, que está analisando o crescimento e a diminuição no número de seguidores em perfis da plataforma. Segundo a empresa, uma primeira observação aponta que a variação é orgânica, ou seja, não foi estimulada.

No Brasil, integrantes e apoiadores do governo comemoraram o aumento expressivo de seguidores. A oscilação também foi constatada por especialistas em dados.

Christopher Bouzy, fundador do Bot Sentinel, que acompanha atividades de robôs na rede social, identificou o aumento de mais de 100 mil seguidores no perfil do presidente Jair Bolsonaro (PL) em dois dias.

“Essas oscilações parecem ter sido, em grande parte, resultado de um aumento na criação de novas contas e desativação de outras, organicamente”, comunicou o Twitter de forma geral, sobre várias contas analisadas.

O Twitter afirmou ainda segue monitorando as variações e que a política de derrubada de perfis falsos e automatizados segue em vigor. “Seguiremos analisando essas alterações e, como parte de nossos esforços contínuos, tomando medidas contra contas que violem nossa política de spam”, comunicou a empresa.

No comunicado, o Twitter não relaciona a variação no número de seguidores ao processo de compra da plataforma pelo bilionário Elon Musk. O negócio ainda não foi concluído.

Mais Recentes da CNN