Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    PF faz operação em 2 estados e investiga desvio de R$ 94 milhões nos Correios

    Operação Postal Off II, realizada nesta manhã, é a segunda fase de uma operação desencadeada em setembro de 2019

    Jéssica Otoboni,

    da CNN, em São Paulo

    A Polícia Federal cumpre na manhã desta terça-feira (4) 12 mandados de busca e apreensão no Rio de Janeiro (capital) e São Paulo (capital, Praia Grande e São Vicente), em residências de investigados e sedes dos Correios.

    Segundo informações da PF, a Operação Postal Off II, realizada nesta manhã, é a segunda fase de uma operação desencadeada em setembro de 2019, que visa desarticular uma “organização criminosa que subfaturava valores devidos à Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (EBCT), além de desviar para si grandes clientes no seguimento de postagem de cartas comerciais”.

    Prédio dos Correios, no centro do Rio de Janeiro
    Prédio dos Correios, no centro do Rio de Janeiro
    Foto: Paula Martini – 04.ago.2020 / CNN

    A investigação começou em 2018, em Santa Catarina, mas os policiais encontraram indícios da “forte atuação” do grupo também no Rio de Janeiro e em São Paulo. A ação contava com a participação de funcionários dos Correios, que faziam com que grandes cargas de clientes fossem distribuídas no fluxo postal sem faturamento ou com faturamento muito inferior ao devido.

    Assista e leia também:
    Funcionários dos Correios marcam greve e governo prevê nova crise na pandemia
    Alvos de privatização do governo vão dos Correios ao porto de Santos

    O prejuízo causado pela quadrilha é estimado em R$ 94 milhões. Os investigados podem responder pelos crimes de corrupção ativa e passiva, estelionato, violação do sigilo funcional e formação de organização criminosa.

    Na fase atual da operação, os investigadores encontraram indícios da participação de um empresário titular de agências fraqueadas dos Correios, e de sete funcionários da companhia, informou a PF.

    Policiais federais apreenderam cerca de R$ 3,5 milhões na casa de um dos alvos
    Policiais federais apreenderam cerca de R$ 3,5 milhões na casa de um dos alvos da operação de hoje
    Foto: Divulgação – 04.ago.2020 / Polícia Federal

    Além dos mandados de busca e apreensão, também foram expedidos mandados de afastamento de funcionários de suas funções e medidas cautelares.

    Na casa de um dos alvos da operação de hoje, os policiais federais apreenderam cerca de R$ 3,5 milhões. Trata-se da residência do empresário responsável por algumas agências franqueadas dos Correios.

    Em nota, os Correios afirmaram que “estão colaborando ativamente com as autoridades policiais nas investigações” e “reafirmam seu compromisso com a ética, a integridade e a transparência”.

    (Com informações de Thayana Araújo, Diego Sarza e Camille Couto, da CNN, no Rio de Janeiro, e Julyanne Jucá, da CNN, em São Paulo)

    Agentes da PF na sede dos Correios, no Rio de Janeiro
    Agentes da PF na sede dos Correios, no Rio de Janeiro
    Foto: Paula Martini – 04.ago.2020 / CNN