Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    PF e Receita interceptam oito pessoas com drogas no aeroporto de Guarulhos, em SP

    Passageiros tinham passagens para Portugal, Irlanda, África do Sul, Catar e Nigéria

    Imagem do logo da Polícia Federal
    Imagem do logo da Polícia Federal Wallace Martins/Futura Press/Estadão Conteúdo

    Elijonas Maiada CNN

    Brasília

    Oito pessoas foram presas neste último fim de semana no Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, transportando drogas em bagagens. A ação da Polícia Federal (PF), em conjunto com a Receita Federal, aconteceu entre sexta-feira (10) e esta segunda-feira (13).

    Na sexta, servidores da Receita Federal detiveram uma passageira que desembarcou de Manaus com uma substância suspeita em sua bagagem despachada. Realizados os exames periciais, a suspeita foi presa em flagrante pelo transporte de quase 10kg de uma forma mais potente de maconha chamada skunk.

    Em outra ação, no mesmo dia, policiais federais prenderam um passageiro nacional da Nigéria, que ingressou no país mediante solicitação de refúgio e pretendia embarcar em voo para a cidade de Lagos, em seu país natal, sendo preso na posse de quase 3kg de cocaína ocultos em fundos falsos na mochila.

    Já no sábado (11), segundo a PF, foram presos pelos policiais federais um sul-africano, tentando embarcar para Dubai, com mais de 3kg de cocaína; um nigeriano, com bilhetes de passagem para o Catar e Nigéria, transportando quase 6kg de roupas engomadas com cocaína; um brasileiro, com passagens para Portugal e Dublin, na Irlanda, com quase 3kg de cocaína em fundos falsos de uma mochila e, ainda, outro brasileiro, detido por servidores da Receita Federal, com 1,5kg da mesma droga também ocultos em fundos falsos numa mochila.

    Na tarde do domingo (12), uma mulher portuguesa foi flagrada pelos policiais com 6kg de cocaína costurados aos forros de uma mochila. A suspeita, que foi presa em flagrante, embarcaria para Lisboa, em Portugal.

    Por fim, na madrugada desta segunda-feira (13), policiais federais apreenderam 4kg de cocaína dentro de embalagens de lençóis infantis. A proprietária da bagagem onde foi localizada a droga, uma mulher natural da Bolívia foi presa em flagrante. Ela pretendia embarcar para a cidade do Cabo, na África do Sul.

    O tráfico internacional de drogas tem pena prevista de 5 a 20 anos, além de multa.