PF faz operação contra estelionato em agências dos Correios em GO, PA e DF

Em nota, os Correios afirmaram que a operação foi realizada a partir de informações concedidas pela própria empresa

Foto: Ricardo Moraes/Reuters

Giovanna Galvanida CNN

em São Paulo

Ouvir notícia

A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira (8) uma operação contra crimes de estelionato e lavagem de dinheiro nos Correios. Foram cumpridos 6 mandados de busca e apreensão nos estados do Pará e Goiás e no Distrito Federal.

Segundo as investigações que deram origem à nomeada operação Bumerangue, o grupo investigado enviava objetos de cerca de R$ 10 mil que estavam segurados. Depois, com a ajuda de funcionários dos Correios, extraviavam as compras e pediam o pagamento dos seguros pelo não recebimento das mercadorias.

A PF afirma que o grupo agia há mais de um ano. Nos mandados cumpridos, foram encontradas caixas destinadas a celulares com papelão dentro.

Não foi informado se suspeitos foram presos na operação. A Polícia Federal atribuiu os crimes de estelionato, associação criminosa e lavagem de dinheiro, cujas penas somadas podem atingir 19 anos de prisão.

Em nota, os Correios afirmaram que a operação Bumerangue “trata-se de atuação conjunta realizada entre os Correios e o órgão de segurança”, sendo consequência “do desdobramento das informações fornecidas previamente pela estatal”.

A empresa ainda classificou o comportamento dos funcionários, também não nomeados ou contabilizados, de “inaceitável”. “A estatal já adotou, de imediato, as medidas disciplinares que o caso requer”, complementa o comunicado.

Mais Recentes da CNN