PF faz operação no interior de SP contra comercialização irregular de carne

De acordo com investigação, auditora do Ministério da Agricultura teria recebido vantagens e valores indevidos para facilitar venda em desacordo com normas

Agentes da Polícia Federal
Agentes da Polícia Federal Foto: Arquivo/Agência Brasil (12.dez.2019)

Murillo Ferrari, da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

A Polícia Federal (PF) realiza nesta segunda-feira (31) uma operação para combater crimes sanitários, de corrupção, estelionato e falsidade documental envolvendo um frigorífico no interior de São Paulo e uma auditora do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

Cerca de 50 agentes cumprem sete mandados de busca e apreensão nas cidades de Presidente Prudente, Presidente Epitácio e Rancharia, no oeste do estado, como parte da Operação Inopino.

De acordo com a investigação da PF, a auditora teria recebido vantagens e valores indevidos para facilitar a comercialização de carnes em desacordo com as normas do setor – ela será afastada de suas funções, por determinação judicial.

São apurados os crimes de corrupção ativa, corrupção passiva, prevaricação, falsidade documental, crime sanitário, estelionato e organização criminosa.

“A investigação prosseguirá, para averiguação de possíveis outros envolvidos e será concluída após a análise dos materiais eventualmente apreendidos durante a operação”, informou, em nota, a PF.

Mais Recentes da CNN