PGR propõe dar opção a Bolsonaro, Queiroz depõe e mais da noite de 2 de julho

5 Fatos Noite, com Daniela Lima, fala também dos novos números da Covid-19 em São Paulo, o depoimento de Queiroz, a geração de emprego nos EUA e mais

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

A manifestação do procurador-geral da República, Augusto Aras, para que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) seja consultado sobre como vai prestar depoimento à Polícia Federal e o questionamento do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Celso de Mello ao ministro interino da Saúde sobre o protocolo da cloroquina estão entre os temas do 5 Fatos Noite desta quinta-feira, 2 de julho de 2020.

Depoimento de Bolsonaro

O procurador-geral da República, Augusto Aras, defendeu, em documento enviado ao STF, que o presidente Jair Bolsonaro seja questionado sobre como prefere prestar depoimento no inquérito que apura se houve interferência política na Polícia Federal. O inquérito, aberto em maio, foi prorrogado por mais 30 dias e tem como base acusações do ex-ministro da Justiça, Sergio Moro. Bolsonaro nega ter interferido na PF.

Pazuello e cloroquina

O ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal, pediu que o ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello, se manifeste em até cinco dias, sobre orientações dadas sobre o uso da cloroquina e hidroxicloroquina para combater o novo coronavírus no país.

Queiroz fala

Fabrício Queiroz prestou depoimento ao Ministério Público Federal do Rio de Janeiro. Ele foi ouvido dentro do complexo penitenciário de Bangu, na zona oeste do Rio. Os procuradores buscam detalhes do suposto vazamento da Operação Furna da Onça.

Covid-19 em São Paulo

O estado de São Paulo bateu um novo recorde de casos confirmados de coronavírus em 24 horas. Com isso, o total passou de 300 mil. O governo prevê que até 15 de julho, o estado terá 470 mil casos.

Empregos

Os Estados Unidos registraram hoje um recorde na geração de empregos: 4,8 milhões de postos de trabalho foram criados em junho, segundo o Departamento de Trabalho do país. 

Fala infeliz

Nas redes sociais, o destaque é o prefeito de Itabuna, no sul da Bahia, que foi alvo de críticas após uma declaração polêmica sobre a reabertura do comércio da cidade.

Newsletter

Para receber as principais notícias todos os dias no seu e-mail, cadastre-se na nossa newsletter 5 Fatos em newsletter.cnnbrasil.com.br

Mais Recentes da CNN