Desmatamento pode causar prejuízo bilionário à atividade econômica no Brasil

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

Um estudo de pesquisadores da Universidade Federal de Minas Gerais apresentou um cálculo sobre os possíveis impactos econômicos do desmatamento da Amazônia em curso no Brasil. A pesquisa, publicada no periódico científico Nature Communications, aponta que o aumento das áreas de pastagem — e, por consequência, a diminuição da vegetação amazônica — pode influenciar o ciclo de chuvas na região. Com a diminuição das chuvas, o plantio e a criação de gado ficam comprometidos, e as perdas econômicas podem chegar a R$ 5,7 bilhões por ano até 2050, segundo o levantamento. “Na prática, o que está ocorrendo na Amazônia hoje é um ‘agrossuicídio’, mas os produtores insistem em não ver”, afirma um dos pesquisadores envolvidos no estudo, o engenheiro ambiental Argemiro Teixeira Filho.

Neste episódio do E Tem Mais, Monalisa Perrone fala sobre os riscos ambientais e econômicos causados pelo avanço do desmatamento na Amazônia. Segundo o Instituto do Homem e do Meio Ambiente da Amazônia (Imazon), a região perdeu uma área de 778 km² de floresta durante o último mês, o que representou o pior índice para abril em dez anos. Na primeira parte do episódio, Monalisa fala com Argemiro Teixeira Filho sobre o estudo dos pesquisadores da UFMG. Também participa da conversa o biólogo Paulo Moutinho, pesquisador e cofundador do Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia (Ipam).

Conheça os podcasts da CNN Brasil:

CNN Mundo

Entre Vozes

5 Fatos

E Tem Mais

Abertura de Mercado

Horário de Brasília

Na Palma da Mari

O Que Eu Faço?

Todo o conteúdo da grade digital da CNN Brasil é gratuito.

Podcast E Tem Mais, com Monalisa Perrone
Podcast E Tem Mais é publicado de segunda a sexta, sempre no início da manhã
Foto: CNN Brasil

Mais Recentes da CNN