Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Polícia Civil investiga homem suspeito de matar esposa a facadas na frente dos filhos

    Marido da vítima publicou texto nas redes sociais no mesmo dia da ocorrência e disse que nunca se perdoaria por ação

    No mesmo dia, ele chegou a publicar em suas redes sociais um depoimento que falava sobre a ação, junto a fotos do casal com os filhos.
    No mesmo dia, ele chegou a publicar em suas redes sociais um depoimento que falava sobre a ação, junto a fotos do casal com os filhos. Reprodução/Redes sociais

    Julia Fariasda CNN* Em São Paulo

    A Polícia Civil do Paraná investiga o caso de Jaine Kochanski, de 27 anos, que foi morta a facadas pelo marido na frente de seus dois filhos.

    A ocorrência aconteceu na última sexta-feira (05), em Ponta Grossa, na região central do estado.

    De acordo com a polícia, Cezar Valter teria descoberto uma traição e discutido com sua esposa, momento em que teria a esfaqueado em frente aos filhos.

    No mesmo dia, o homem chegou a publicar um texto em suas redes sociais com fotos do casal com os filhos, além de uma captura de tela que mostrava a localização de Jaine, supostamente, em um motel da região.

    Na publicação, Cezar escreveu que teria feito algo “irreparável” e que nunca se perdoaria pela ação que cometeu.

    “Eu destruí tudo que eu tinha. Pra quem tá falando que ela não traiu e eu que sou louco ‘tá aí’, eu peguei a localização dela e depois ela mesma me confessou, tem áudio dela falando. Me perdoem pela dor que causei. Meus filhos, fiz algo que nunca mais terá como consertar. Eu não conseguiria viver com isso”, completou.

    Também por meio das redes, um dos familiares de Jaine publicou um vídeo para homenagear a vítima, com um compilado de fotos dela. “Agora vai brilhar nas trilhas do céu. Descanse em paz, Jaine”, escreveu o familiar.

    A Polícia Rodoviária Federal no Paraná informou à CNN, em nota, que o suspeito estava dirigindo e se envolveu em uma colisão frontal com uma carreta ao invadir a contramão. Ele morreu no local.

    A ocorrência foi registrada por volta das 13h30 da última sexta (5), no km 212 da BR-153, na cidade de Tibagi, no interior paranaense. O corpo da vítima foi encaminhado ao Instituto Médico Legal de Ponta Grossa.

    *Sob supervisão