Polícia investiga causa do incêndio na Cinemateca Brasileira em São Paulo

Local será vistoriado e periciado pelo Instituto de Criminalística e a Polícia Civil prosseguirá com as investigações para esclarecer as causas do incêndio

Anthony Wells, da CNN em São Paulo

Ouvir notícia

Parte do acervo da Cinemateca Brasileira que fica na zona Oeste da cidade de São Paulo foi destruída por um incêndio. As chamas atingiram cerca de 300 m², área com três salas de arquivos históricos. Apesar disso, o incidente não deixou vítimas.

Segundo a assessoria do Ministério do Turismo, Hélio Ferraz de Oliveira, secretário especial adjunto da Cultura, deve vir à capital paulista para acompanhar as investigações da Polícia Federal.

O local será vistoriado e periciado pelo Instituto de Criminalística (IC) e a Polícia Civil prosseguirá com as investigações para esclarecer as causas do incêndio.

Incidente

Em nota enviada à CNN, a Secretaria Especial da Cultura afirma que lamenta o ocorrido e acompanha situação. Além disso, o comunicado ressalta que todo o sistema de climatização do espaço passou por uma manutenção há cerca de um mês, como parte de um esforço do governo federal para manter o acervo.

Segundo a representante da corporação, os bombeiros civis relataram que o princípio de incêndio foi, de fato, por um processo de manutenção, mas que ocorreu nesta quinta-feira.

Vista aérea do galpão da Cinemateca Brasileira na Vila Leopoldina, em São Paulo
Vista aérea do galpão da Cinemateca Brasileira na Vila Leopoldina, em São Paulo, após incêndio
Foto: Ronaldo Silva/Futura Press/Estadão Conteúdo

Às 23h desta quinta, o Corpo de Bombeiros informou, em uma publicação no Twitter, que o incêndio havia sido extinto. “Uma viatura irá ficar no local durante a madrugada para eventuais problemas”, diz a nota. 

Mais Recentes da CNN