Polícia investiga furto de petróleo e combustível em dutos da Petrobras

Agentes cumprem 10 mandados de busca e apreensão; organização criminosa agia no Rio de Janeiro e no Espírito Santo

Caminhões-tanque que seriam utilizados para o transporte de combustível furtado da Petrobras no Rio de Janeiro
Caminhões-tanque que seriam utilizados para o transporte de combustível furtado da Petrobras no Rio de Janeiro Divulgação/Polícia Civil do RJ

Beatriz PuenteCamille Coutoda CNN

No Rio de Janeiro

Ouvir notícia

Agentes da Delegacia de Defesa dos Serviços Delegados (DDSD) cumprem dez mandados de busca e apreensão no Rio de Janeiro e no município de Serra, no Espírito Santo em investigação sobre uma organização criminosa que atuaria na prática de derivação clandestina nos dutos da Transpetro.

Foram apreendidos celulares, computadores e documentos na operação Under Pressure. O objetivo é colher elementos que auxiliem na identificação dos membros da organização e nas formas de operação do grupo.

A DDSD, em conjunto com o setor de segurança da Transpetro, conseguiu reduzir em 98%, desde 2020, os furtos de petróleo e combustível por meio de derivações clandestinas no estado do Rio de Janeiro, o que evitou um prejuízo estimado à empresa de cerca de R$ 50 milhões.

O Setor de Inteligência da DDSD constatou que caminhões, tratores e os tanques foram abandonados em um local de derivação clandestina no final de 2020, no município de Silva Jardim, Rio de Janeiro.

Ambos pertenciam ao proprietário de uma transportadora de produtos perigosos no Espírito Santo e a um indivíduo cuja família possui postos de combustível e outras empresas de atividade relacionada ao tratamento de resíduos de petróleo no município de Bom Jesus do Itabapoana, no estado fluminense.

Esse empresário já teve sete veículos de sua propriedade apreendidos em locais de derivação clandestina desde 2017, sem nunca ter pleiteado as suas devoluções. A transportadora do município de Serra também não pleiteou até hoje a devolução dos veículos apreendidos nas mesmas circunstâncias.

Dados coletados de outras investigações dessa modalidade apontam que o Espírito Santo é um dos principais destinos do petróleo subtraído dos dutos da Transpetro.

Mais Recentes da CNN