Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Polícia prende três pessoas após encontrar blindagens de materiais radioativos em SP

    Agentes do 53°DP realizaram prisões em flagrante neste sábado; colunas radioativas ainda não foram encontradas

    Rafael Saldanhada CNN Em São Paulo

    Todas as blindagens do material radioativo que havia sido furtado no último domingo (30), foram encontradas na noite desse sábado (6) pela Polícia Civil no bairro de Parque do Carmo, na zona leste de São Paulo.

    De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), agentes policiais do 53° DP (Parque do Carmo) prenderam três suspeitos em flagrante por receptação e posse de material nuclear.

    Os envolvidos tinham 21, 25 e 53 anos. Segundo a polícia, a ocorrência terminou por volta da meia noite.

    A Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN) informou à CNN que, depois de uma análise do Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares, os cinco cilindros de chumbo encontrados correspondem aos cinco geradores que estavam desaparecidos.

    A polícia e os bombeiros já haviam encontrado algumas das blindagens até esse sábado (6). Uma delas estava numa loja de baterias no bairro de Itaquera, na zona leste de São Paulo.

    As cinco colunas com material radioativo ainda não foram encontradas. Segundo a CNEN, as quatro colunas de Molibidênio-99 não apresentam risco, pois já foram exauridas. Mas o material de Germânio-68 requer um maior cuidado, já que apresenta atividade.

    O núcleo de Ge-68 é utilizado para a geração do rádiofarmaco Gálio-68, que é usado na medicina nuclear.

    A CNEN encomendou ao Instituto de Radioproteção e Dosimetria (IRD), unidade científica do órgão, uma análise dos potenciais riscos das colunas radioativas.

    O instituto já adiantou que todos os radioativos não apresentam risco preocupante, mesmo em caso de uma manipulação inadequada. O estudo deve ser divulgado ainda neste domingo (7).

    O 53°DP (Parque do Carmo) continua investigando o caso.

    Relembre o caso

    A CNEN divulgou que, na última segunda-feira (1), um veículo que transportava material radioativo foi furtado na cidade de São Paulo. O órgão informou que o crime ocorreu no bairro de São Mateus, na zona leste da capital paulista.

    A instituição afirmou que as colunas furtadas com o veículo estavam armazenadas em blindagens de chumbo que evitam qualquer irradiação para o ambiente.

    Ainda de acordo com a CNEN, o funcionário de uma empresa, que transportava os produtos, descumpriu normas de segurança, que exigem que os veículos carregados com este tipo de substâncias sejam estacionados em locais monitorados.

    O homem teria estacionado o automóvel na rua, nas proximidades de sua casa. No dia seguinte, o carro não estava mais lá.