Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    População em situação de rua no Brasil cresce 16% de dezembro a maio, diz pesquisa

    São Paulo é a capital com o maior número de pessoas em vulnerabilidade

    Renato S. Cerqueira/Futura Press/Estadão Conteúdo

    Carolina Figueiredoda CNN

    em São Paulo

    A população em situação de rua no Brasil cresceu cerca de 16% somente entre os meses de dezembro de 2021 e maio deste ano. Os dados são do Observatório Brasileiro de Políticas Públicas com a População em Situação de Rua, plataforma do Programa Transdisciplinar Polos de Cidadania da Universidade Federal de Minas Gerais (POLOS-UFMG).

    Em dezembro de 2021, segundo cadastros no CadÚnico, eram 158.191 pessoas vivendo nas ruas do Brasil. Em maio deste ano, o número saltou para 184.638.

    Com 42.240 registros, a cidade de São Paulo é a capital com o maior número de pessoas em situação de rua. Na sequência estão Rio de Janeiro, com 10.624 registros, e Belo Horizonte, com 10.241.

    Os pesquisadores da UFMG avaliam que os indicadores são apenas uma amostra da real situação, considerando que há uma subnotificação da população em situação de rua no CadÚnico que varia entre 45 e 50%.

    Confira os principais indicadores:

    Total da população em situação de rua no Brasil: 158.191 pessoas (dezembro/2021)

    • 68% se declaram negras, 31% brancas e 1% indígenas e amarelas
    • 87% do sexo masculino e 13% feminino
    • 93% em condições de extrema pobreza e pobreza
    • 84% recebem Auxílio Brasil (Bolsa Família)
    • 87% com idade entre 18 e 59 anos, 3% crianças/adolescentes (0 a 17 anos) e 10% acima de 60 anos
    • 15% apresentam alguma deficiência
    • 47% têm o ensino fundamental incompleto, 14% ensino fundamental completo, 16% ensino médio completo e 9% incompleto, 11% não têm “instrução” (não sabem ler e escrever) e 2% ensino superior incompleto ou completo

    Posição das capitais (maio de 2022)

    1. São Paulo (42.240 pessoas em situação de rua)
    2. Rio de Janeiro (10.624)
    3. Belo Horizonte (10.241)
    4. Brasília (6.339)
    5. Salvador (5.561)
    6. Fortaleza (4.896)
    7. Curitiba (3.020)
    8. Porto Alegre (2.363)
    9. Boa Vista (1.798)
    10. Florianópolis (1.498)