Por coronavírus, visitas em presídios são suspensas por mais 30 dias

Período de visitas suspensas foi ampliado por conta do avanço do coronavírus (COVID-19) no Brasil

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

Por conta do avanço do coronavírus no Brasil, o Ministério da Justiça decidiu ampliar a suspensão de visitas em presídios e proibir a entrada por mais 30 dias. A medida foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta terça-feira (24), conforme contou a analista Basília Rodrigues, da CNN.

De acordo com a portaria da pasta, a determinação vale para visitas de familiares, advogados e até para escoltas policiais em penitenciárias federais e estaduais. Além disso, a decisão “pode ser reavaliada no decorrer, ou seja: se necessário, pode ser prorrogada novamente”. 

Basília ainda informou que, embora não haja dados oficiais, “o coronavírus já chegou ao sistema penitenciário, por meio de presos e funcionários que estão com sintomas da doença”.

Em dados oficiais, o Brasil tem 1.891 casos confirmados e 34 mortes, segundo os últimos números divulgados pelo Ministério da Saúde, na segunda-feira (23). 

São Paulo tem o maior número de mortes – 30 -, e o de casos: 745. As outras quatro mortes ocorreram no Rio de Janeiro, que, com 233 casos, é o segundo estado mais afetado pela doença. 

O Distrito Federal, Minas Gerais e o Ceará já passaram de 100 casos.

Mais Recentes da CNN