Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Português suspeito de tráfico internacional de bebês é preso pela PF em SP

    Investigado teria usado documentos falsos para obter a guarda unilateral de crianças nascidas em Valinhos (SP)

    Homem de nacionalidade portuguesa foi preso em operação deflagrada pela PF
    Homem de nacionalidade portuguesa foi preso em operação deflagrada pela PF Polícia Federal/Divulgação

    Bruno Laforéda CNN

    Nesta segunda-feira (4), a Polícia Federal (PF) prendeu preventivamente um homem de nacionalidade portuguesa suspeito de tráfico internacional de crianças no interior de São Paulo. Ele é suspeito de participar de um esquema que transportava recém-nascidos para o continente europeu.

    A ação acontece no âmbito da Operação Deverra, deflagrada na manhã de hoje. Os agentes cumprem seis mandados judiciais, sendo quatro mandados de busca pessoal, um de busca e apreensão e o mandado de prisão contra o português, que é alvo das investigações.

    Na última quinta-feira (30), o Ministério Público de São Paulo denunciou à PF o caso de um recém-nascido na cidade de Valinhos (SP). O bebê foi abandonado pela mãe no hospital e registrado como filho deste português.

    Há menos de um mês, o mesmo homem havia registrado outra recém-nascida, nascida no mesmo hospital, como sua filha.

    Durante a investigação, os policiais federais constataram que o homem havia utilizado documentação falsa para obter a guarda unilateral das crianças na justiça paulista, o que o autorizaria a deixar o Brasil com os bebês sem a presença da mãe.

    Os suspeitos envolvidos no esquema podem responder também pelos crimes de registro falso, promoção de ato destinado ao envio de criança ou adolescente para o exterior com inobservância das formalidades legais ou com o fito de obter lucro, entre outros delitos.

    As penas podem ultrapassar 18 anos de reclusão.