Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Preencher cratera na Marginal Tietê com concreto estabiliza situação, diz engenheiro

    Buraco abriu após vazamento de esgoto em obra do metrô de São Paulo; após estabilização, será necessário bombear água do local para realizar perícia, explicou Luís Otávio Rosa à CNN

    Duda CambraiaLéo Lopesda CNN

    em São Paulo

    Ouvir notícia

    Um acidente em uma obra da linha 6-Laranja do metrô de São Paulo fez com que um pedaço da Marginal Tietê, uma das principais vias da capital, desmoronasse na manhã desta terça-feira (1º).

    Em entrevista à CNN nesta quarta (2), o engenheiro civil do Instituto Brasileiro de Avaliações e Perícias (Ibape) em São Paulo, Luís Otávio Rosa, disse que o aumento do buraco aberto na Marginal é explicado pelo desmoronamento que aconteceu por baixo da Marginal.

    O engenheiro explica que o processo de preencher o buraco com rochas e concreto serve para estabilizar a terra na região do buraco, e consequentemente impedir novos desmoronamentos.

    Dessa forma, será possível posteriormente retirar a água de esgoto que vazou no local para realização de uma inspeção de perícia, que determinará o projeto de recuperação.

    “A recomendação é segurança em primeiro lugar. Pode haver um solapamento maior. A gente vê que ele aumentou ontem em direção às pistas da marginal. Então recomenda-se sim tomar cuidado e até mesmo a evacuação dos moradores próximos”, acrescentou.

    Ele pontua que a preocupação de motoristas é justificada porque já está escavado o túnel que liga subterraneamente as duas margens do rio Tietê. “É preciso cautela. A passagem de caminhões traz vibração para o solo. Então nós alertamos [aos motoristas]: tenham paciência. É melhor prevenir e tomar cuidado agora, ainda que isso tenha um impacto no tráfego”, declarou.

    Mais Recentes da CNN