Prefeito Bruno Covas é hospitalizado para exames após dores abdominais

Segundo boletim médico, tucano está 'muito bem' e com suspeita de uma colite (inflamação do cólon)

Guilherme Venaglia, da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), foi hospitalizado na tarde desta quarta-feira (13) para investigar um desconforto abdominal que sentiu na última madrugada.

Boletim médico divulgado pela assessoria de imprensa da prefeitura informa que os exames iniciais apontam para a suspeita de uma colite, uma inflação no cólon.

Portanto, a princípio, o desconforto não estaria relacionado com o tratamento de um câncer, que o prefeito descobriu e acompanha desde outubro de 2019. Segundo o boletim, Bruno Covas “encontra-se clinicamente muito bem, em observação médica enquanto aguarda a conclusão de exames complementares”.

De acordo com a assessoria de imprensa do prefeito, ainda não há previsão de alta e nem confirmação se há relação entre as dores abdominais e o tratamento que Bruno Covas faz contra o câncer. A princípio, a agenda do prefeito está mantida para a tarde desta quinta-feira, apenas com reuniões marcadas.

Leia também:
Covas afirma que lockdown é uma possibilidade em SP, mas ainda não é o momento

O prefeito da capital paulista é acompanhado por quatro equipes médicas, entre elas as lideradas pelo infectologista David Uip, ex-secretário estadual de Saúde e coordenador afastado do centro de combate ao coronavírus em São Paulo, e pelo cardiologista Roberto Kalil Filho, médico responsável pelo atendimento de algumas das principais autoridades do país.

(Com Roberta Russo)

Mais Recentes da CNN