Prefeito de Cuiabá sobre COVID-19: ‘Destemor da população preocupa’

Com duas mortes e 112 casos confirmados em Mato Grosso, a prefeitura da capital anunciou que irá multar os estabelecimentos comerciais que insistirem em abrir

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

 

Com duas mortes e 112 casos confirmados em Mato Grosso, a prefeitura de Cuiabá anunciou nesta semana que irá multar os estabelecimentos comerciais que insistirem em abrir durante o período de isolamento social. Em entrevista à CNN, o prefeito Emanuel Pinheiro disse que é preocupante a falta de medo dos habitantes da capital em relação ao COVID-19.

“Ainda estamos num momento de práticas preventivas e informativas, mas já estamos na segunda semana e daqui pra frente pretendemos agir de uma forma mais pedagógica especialmente com algumas atividades econômicas e com alguns setores da sociedade em geral que ainda teimam em descredenciar a gravidade e a seriedade da pandemia”, afirmou Pinheiro.

Segundo ele, Cuibá segue rigorosamente os protocolos da Organização Mundial da Saúde (OMS) e do Ministério da Saúde, mas a capital também registra uma quebra voluntária do isolamento social.

“Todas as nossas medidas têm base técnico-científicas e apesar de nos dez primeiros dias tivermos êxito no isolamento social, notamos como nos últimos cinco dias houve um relaxamento generalizado e um destemor por parte da população [sobre o COVID-19], que me preocupa bastante.”

O prefeito detalhou que segue em processo de conscientização junto aos cuiabanos para alertar sobre a seridade do novo coronavírus. “Apenas se comprometendo a mudar um pouco os seus hábitos e a sua vida, respeitando o isolamento social para proteger os grupos de risco, é que conseguiremos conter o avanço [do novo coronavírus] nessa fase inicial [de propagação].”

Mais Recentes da CNN