Professor brasileiro vence prêmio internacional de Educação

O projeto “Aula Pública”, do professor de geografia Paulo Magalhães, foi selecionado entre outras 200 mil iniciativas inscritas no Global Teacher Award 2021

O professor de geografia Paulo Magalhães com seus alunos
O professor de geografia Paulo Magalhães com seus alunos Arquivo pessoal/ Paulo Magalhães

Ricardo Gouveiada CNN*

Ouvir notícia

A ideia de tirar os estudantes da sala de aula e levar para conhecer as ruas de São Paulo rendeu a um brasileiro um prêmio disputado por professores de 110 países.

O projeto “Aula Pública”, de Paulo Magalhães, ganhou corpo em 2016 e se transformou ao longo da pandemia.

O professor dá aulas na Escola Municipal de Ensino Fundamental Duque de Caxias, no centro da capital paulista, para alunos com idades entre 11 e 14 anos.

Em entrevista à CNN Rádio, o professor de geografia da rede pública contou que a iniciativa partiu de uma inquietação dele com o confinamento das salas de aula. “Sempre tive uma necessidade de fazer com que minhas aulas fossem diferentes”, explica o professor de geografia.

Além de dar aos estudantes uma maior sensação de pertencimento à cidade, Paulo Magalhães conta que as famílias dos alunos e comunidade no entorno da escola também se transformaram. Para ele, “foi uma forma de fazer com que os alunos se integrassem a essa sociedade que, às vezes, virava as costas para essas crianças e adolescentes que não eram aceitos nesses espaços educativos por uma questão de indisciplina.”

 

O professor considera que a ocupação dos espaços públicos pelos jovens estimula todos a serem mais participativos na sociedade.

“As pessoas que estão passando pela rua participam”, relata. “A comunidade começou a ouvir a escola, a dar sugestões. Os pais estão mais presentes na situação escolar dos filhos a partir deste projeto.”

Desde março do ano passado, as aulas públicas passaram a ter um novo desafio em meio às restrições de circulação impostas pela pandemia.

Paulo Magalhães reformulou o projeto para, de alguma forma, levar a cidade aos alunos, que passaram a viver mais tempo confinados em casa.

“Eu saía no bairro sozinho, filmava essas aulas e mandava para eles”, conta o professor. “A gente sabe que, em São Paulo, um mês é muito tempo, a cidade se transforma em um mês. Então as crianças não perdiam o contato com o bairro e com os problemas que estavam acontecendo ali.”

O Global Teacher Award é uma premiação indiana que existe há 10 anos, com o objetivo de reconhecer professores capazes de contribuir de forma ainda mais especial para o desenvolvimento dos estudantes e da comunidade em volta das escolas.

O resultado foi divulgado no último dia 24 de outubro.

Paulo Magalhães já tinha vencido, em 2018, o prêmio de Direitos Humanos da Secretaria Municipal dos Direitos Humanos da Prefeitura de São Paulo, além de ter conquistado o primeiro lugar na categoria Comunidade de Aprendizagem do Instituto Natura.

* Com produção de Bel Campos

Mais Recentes da CNN