Quem flexibilizou o uso de máscara precisou voltar atrás, diz secretário de SP

Jean Gorinchteyn disse que, mesmo com o atraso do calendário, São Paulo vai abrir vacinação para toda a população adulta até 20 de agosto

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

Em entrevista à CNN, o secretário estadual de Saúde de São Paulo, Jean Gorinchteyn, falou sobre a proposta de flexibilização das medidas de isolamento social no estado, anunciada nesta terça-feira (27), e reiterou que até o dia 20 de agosto, toda população adulta paulista poderá ser vacinada, a despeito dos atrasos no calendário vacinal.

“Ao mesmo tempo que expandimos a vacinação, mantemos medidas sanitárias. Todos os países que não fizeram essa combinação de vacinação e utilização de máscaras precisaram retroceder”, disse o secretário.

Ao ser questionado sobre o calendário de vacinação no estado, Gorinchteyn reiterou o plano de abrir a vacinação para toda a população adulta do estado até o dia 20 de agosto e disse que a compra de 4 milhões de doses a mais de Coronavac pelo governo estadual vai ajudar a manter o cronograma em dia.

Sobre a efetividade da vacinação, o secretário ressaltou os números de internação como sinal de que os imunizantes têm efeito contra formas graves da Covid-19. “A vacina tem impacto na redução das internações. Só na capital, a taxa de internação está em 45%.”

Frio em São Paulo
Massa de ar seco provoca queda das temperaturas na cidade de São Paulo nesta terça-feira (20)
Foto: Renato S. Cerqueira / Futura Press / Estadão Conteúdo

(publicado por Fernanda Colavitti)

Mais Recentes da CNN