Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Repatriados de Gaza embarcam de Brasília para São Paulo nesta quarta (15)

    Grupo é formado por 26 pessoas; 14 serão levadas para um abrigo no interior do estado e 12 irão para as casas de familiares

    Do grupo de 32 repatriados, quatro ficaram no Distrito Federal e outros dois irão para Florianópolis
    Do grupo de 32 repatriados, quatro ficaram no Distrito Federal e outros dois irão para Florianópolis Ricardo Stuckert/PR

    Douglas Portoda CNN

    em São Paulo

    Um grupo de 26 brasileiros e familiares repatriados da Faixa de Gaza partirá de Brasília para o aeroporto de Guarulhos, na Grande São Paulo, nesta quarta-feira (15). A viagem está prevista para as 10h.

    Desses, 14 serão levados para um abrigo providenciado pelo governo federal no interior paulista — a localização exata não foi revelada por questões de segurança. As outras 12 pessoas irão para casa de parentes.

    No abrigo, que é especializado em receber refugiados, as cinco famílias ficarão em unidades individuais, com quartos e banheiros, refeitório para alimentação e espaço para convivência.

    Elas poderão ficar no local por tempo indeterminado, já que solicitaram a ajuda por não terem onde se instalar no Brasil.

    O secretário Nacional de Justiça do Ministério da Justiça e Segurança Pública, Augusto de Arruda Botelho, que coordena a operação de acolhimento, explicou que os repatriados fizeram a emissão de documentos, como a segunda via da carteira de identidade, da certidão de nascimento e o Cadastro de Pessoas Físicas (CPF).

    A necessidade dos documentos, segundo Botelho, é para que elas “possam pleitear benefícios sociais que o governo federal vai oferecer”.

    De acordo com o secretário, nenhum repatriado apresentou pedido de refúgio.

    Das 32 pessoas que chegaram na última segunda-feira (13) na Base Aérea de Brasília, quatro foram encaminhadas pelo governo federal aos familiares que moram no Distrito Federal. Outras duas partirão para Florianópolis em um voo comercial.

    Veja também: Não vamos deixar nenhum brasileiro em Gaza, diz Lula ao receber repatriados

    *Com informações da Agência Brasil