Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Representante da Alemanha vem ao Brasil para retomar repasses ao Fundo Amazônia

    Secretária do Clima do país europeu estará em Brasília na próxima semana para reuniões; ao menos 35 milhões de euros devem ser liberados de imediato

    Leonardo Ribbeiroda CNN

    em Brasília

    A secretária de Estado e representante Especial para Política Climática Internacional da Alemanha, Jennifer Morgan, estará em Brasília na próxima quinta-feira (8).

    A CNN apurou que o principal objetivo da visita é alinhar os detalhes para a retomada dos repasses financeiros ao Fundo Amazônia. Na agenda estão reuniões com representantes do Banco Central, do Itamaraty e com a equipe de transição do governo federal responsável pela área do meio ambiente.

    A ajuda do país europeu para financiamento de projetos de proteção da Floresta Amazônica foi suspensa em 2019, em meio a um embate com o presidente Jair Bolsonaro (PL) por conta do avanço no desmatamento na região.

    Na época, a Alemanha suspendeu o repasse de 35 milhões de euros ao Fundo.

    No início de novembro, logo após o resultado das eleições brasileiras, representantes do governo alemão anunciaram que o valor seria desbloqueado ainda em 2022. O que deve ocorrer após as reuniões da semana que vem, que preveem a assinatura de novos acordos entre as partes.

    Além do desbloqueio do montante congelado há três anos, novos aportes no Fundo Amazônia devem ser anunciados pela Alemanha nos primeiros dias de janeiro, durante visita do presidente alemão ao Brasil. Frank-Walter Steinmeier confirmou participação na posse de Luiz Inácio Lula da Silva (PT). No dia seguinte visitará o Amazon Tall Tower Observatory (ATTO), em Manaus, no Amazonas.

    Noruega

    A Noruega, principal financiadora do Fundo Amazônia, também confirmou que vai retomar a liberação de verbas para projetos na região norte do Brasil. A informação foi reforçada ao presidente eleito pelo ministro do Meio Ambiente do país escandinavo, Jonas Gahr Store, durante a COP-27, no Egito.

    No encontro, um dos compromissos assumidos pelos representantes brasileiros foi a reativação dos comitês responsáveis pela gestão do Fundo.