Retorno de São Paulo para a fase amarela, vacina indiana e mais de 4 de janeiro

As notícias mais importantes do começo desta segunda-feira, 4 de janeiro de 2021

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

A proibição de exportação de seringas e agulhas, o retorno do estado de São Paulo para a fase amarela e as negociações de clínicas particulares para comprar uma vacina indiana são alguns dos destaques da manhã desta segunda-feira, 4 de janeiro de 2021.

Seringas e Agulhas

O Ministério da Economia proibiu a exportação de seringas e agulhas. A secretaria de Comércio Exterior determinou que estes produtos sejam incluídos na lista daqueles que precisam de “licença especial”. Na prática, o governo cria entraves para a exportação.

Vacina indiana

Clínicas particulares negociam a compra da vacina indiana Covaxin. A Associação Brasileira das Clínicas de Vacinas informou que negocia a aquisição de 5 milhões de doses. Em um cenário otimista, deverá estar disponível no brasil até março.

Fase Amarela

O estado de São Paulo volta à fase amarela do Plano de Combate à Covid-19. A exceção é a região de Presidente Prudente, na qual os 45 municípios seguem na fase vermelha até a próxima reclassificação. Bares, restaurantes e cinemas ficaram fechados durante os dois últimos feriados prolongados, Natal e Réveillon.

Emprego

Tecnologia, saúde, agronegócio, infraestrutura e logística são os setores que devem abrir mais vagas de trabalho em 2021, de acordo com especialistas consultados pelo CNN Brasil Business. As tendências apontam também para mais contratos temporários e trabalho remoto intermitente.

Trump

Nos Estados Unidos, Donald Trump e parte dos aliados ainda não desistiram de tentar reverter o resultado das eleições. Em um áudio divulgado pelo jornal americano “The Washington Post”, Trump pede para o secretário de estado da Georgia “encontrar” 11.780 votos.

Newsletter

Para receber as principais notícias todos os dias no seu e-mail, cadastre-se na nossa newsletter 5 Fatos em newsletter.cnnbrasil.com.br 

(Publicado por: André Rigue)

Mais Recentes da CNN