Rio tem média de 42 autuações por hora em 6 dias de fiscalização na cidade

Número leva em conta as autuações realizadas após o decreto que estipulou novas medidas restritivas e que vigora desde o último dia 26

Iuri Corsini, da CNN, no Rio de Janeiro

Ouvir notícia

Após o sexto dia em que vigoram as medidas restritivas adotadas pelo município do Rio de Janeiro, a prefeitura registrou 6.129 autuações, entre multas e interdições de estabelecimentos, multas de trânsito, reboques, apreensões de mercadorias e infrações sanitárias. Isso equivale a 42,5 autuações por hora desde o início do decreto restritivo, que entrou em vigor no dia 26 de março. 

Somente nessa quarta-feira (31), a Secretaria de Ordem Pública (Seop) contabilizou 1.031 autuações, tendo fechado 10 estabelecimentos e aplicado 61 multas a ambulantes, bares e restaurantes. 

As fiscalizações dessa quarta-feira, que contaram com agentes da Seop, Polícia MIlitar, Guarda Municipal e Instituto Municipal de Vigilância Sanitária, aconteceram principalmente nos bairros de Santa Cruz, Guaratiba, Bonsucesso, Ramos, Campo Grande, Freguesia, Tanque, Pechincha, Praça Seca e Taquara. 

Ao todo, das mais de 6 mil autuações nos últimos 6 dias, foram 432 multas a bares, restaurantes e ambulantes e 58 estabelecimentos interditados por descumprimento das medidas restritivas vigentes. 

Movimentação de banhistas na orla e na praia de Copacabana, na zona sul do Rio d
Movimentação de banhistas na orla e na praia de Copacabana, na zona sul do Rio de Janeiro
Foto: Leo Salles/Photopress/Estadão Conteúdo

O decreto com as medidas de contenção da pandemia entrou em vigor no último dia 26 e vigora até o dia 4 de abril. Até lá, bares e restaurantes estão proibidos de atender presencialmente, sendo permitido apenas funcionar para entregas em domicílio ou no sistema de drive-thru. Além disso, seguem proibidas a permanência na areia da praia, o estacionamento ao longo da orla carioca e a entrada de ônibus fretados no município.

Mais Recentes da CNN