Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    São Paulo permanece em alerta para chuvas intensas neste domingo (21)

    Quatro pessoas morreram em decorrência dos temporais no estado desde a última sexta-feira (19)

    Pontos de alagamento foram registrados no interior paulista neste sábado (20)
    Pontos de alagamento foram registrados no interior paulista neste sábado (20) Defesa Civil de SP/Divulgação

    Bruno LaforéFelipe Souzada CNN

    O estado de São Paulo permanece sob alerta de chuvas intensas neste domingo (21). De acordo com a Defesa Civil, há possibilidade de alagamentos, deslizamentos, queda de árvores e granizo.

    De acordo com o órgão, o domingo será marcado pela presença do sol entre nuvens, mas com temperaturas altas e sensação de calor e abafamento. Apesar disso, uma frente fria se desloca pela costa do estado, o que provoca condições para chuvas a qualquer momento do dia, principalmente na região litorânea.

    Até as 8h de hoje, a defesa civil contabilizou grande acúmulo de chuva em um período de 24 horas. Os municípios mais atingidos pelo temporal foram Peruíbe (131mm), Sorocaba (117 mm) e Itanhaém (101mm), todas com acumulados acima de 100 mm.

    Desde a noite de quinta-feira (18), quando foi iniciada a sequência de chuvas, 182 árvores caíram em São Paulo, além de 27 postes de energia. Neste período, 492 pessoas ficaram desabrigadas e 47 foram desalojadas.

    Quatro mortes

    Desde sexta-feira (19), quatro pessoas morreram em decorrência das chuvas em São Paulo.

    Mãe e filha morreram após serem arrastadas pela enxurrada em Limeira, no interior. Elas, de 70 e 35 anos, tentaram resgatar um veículo, mas acabaram ficando presas embaixo do carro.

    Em Sorocaba, já na madrugada deste sábado (20), uma idosa, de 74 anos, também morreu após ser arrastada por uma enxurrada na Avenida Juvenal de Campos, na Vila Conceição. Ela estava em um carro com outra pessoa quando o veículo foi arrastado pela força da água. O outro ocupante conseguiu sair do automóvel e não sofreu ferimentos.

    Na tarde de sábado, na Praia Grande, no litoral, uma mulher de 60 anos morreu após ser atingida por um raio na praia do Caiçara. Outras sete pessoas ficaram feridas pelas descargas elétricas, três em estado grave, mas estáveis.