Se Bolsonaro editar decreto liberando trabalho, Bahia vai pedir derrubada no STF

A informação foi dada por Fábio Vilas-Boas, secretário estadual de Saúde do estado, em entrevista à CNN

O governador da Bahia, Rui Costa (PT): de acordo com o secretário de saúde do estado, se Bolsonaro editar decreto liberando trabalho, Bahia vai pedir derrubada no STF 
O governador da Bahia, Rui Costa (PT): de acordo com o secretário de saúde do estado, se Bolsonaro editar decreto liberando trabalho, Bahia vai pedir derrubada no STF  Foto: Reprodução/Facebook

Iuri Pittada CNN

Ouvir notícia

Em entrevista à CNN na manhã desta segunda-feira (30), o secretário estadual de Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, disse que o governador Rui Costa irá ao Supremo Tribunal Federal (STF) e ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) recorrer contra um eventual decreto do presidente Jair Bolsonaro que flexibilize as medidas de isolamento e distanciamento social.

“Nós vamos defender a desobediência”, afirmou Vilas-Boas, ao ser questionado se seguiria um eventual decreto presidencial ou as orientações do Ministério da Saúde, recebidas por todas as Secretarias Estaduais da Saúde neste fim de semana, nas quais o ministro Luiz Henrique Mandetta reforça as orientações de que a população deve ficar em casa e apenas os serviços e atividades essenciais devem ser mantidas.

Mais Recentes da CNN