Sérgio Reis investigado pela PF, Moraes relator de Aras e mais de 20 de agosto

5 Fatos Tarde, apresentado por Roberta Russo, repercute principais notícias do Brasil e do mundo

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

Operação da Polícia Federal (PF) contra cantor Sérgio Reis, vacinação de adolescentes em São Paulo e ministro do Supremo Alexandre de Moraes relator do pedido de investigação contra o procurador-geral, Augusto Aras, estão entre os destaques do 5 Fatos Tarde desta sexta-feira, 20 de agosto de 2021.

Sérgio Reis investigado pela PF

O deputado federal Otoni de Paula (PSC-RJ) e o cantor Sérgio Reis são alvos, nesta sexta-feira, de mandados de busca e apreensão expedidos pelo Supremo Tribunal Federal (STF). A ação investiga incitação a atos violentos e ameaçadores contra a democracia.

Justiça anula prisão da CPI

A Justiça Federal em Brasília anulou a prisão em flagrante de Roberto Dias, ex-diretor do Ministério da Saúde, determinada pela CPI da Pandemia do Senado. Dias foi convocado para dar explicações à comissão por ter, supostamente, pedido propina em negociações para a compra da vacina da AstraZeneca pelo governo federal.

Vacinação de adolescentes em SP

A cidade de São Paulo começa a vacinar adolescentes de 12 a 15 anos com comorbidades na próxima segunda-feira (23). O anúncio foi feito hoje pelo prefeito Ricardo Nunes (MDB). Gestantes e puérperas desta faixa etária também poderão receber o imunizante contra a Covid-19.

Talibã mata familiar de jornalista

O Talibã matou um membro da família de um jornalista da Deutsche Welle (DW), de acordo com a imprensa alemã. Em um artigo publicado ontem, a publicação afirmou que combatentes do grupo procuravam por um de seus jornalistas no Afeganistão e confirmaram que um parente do jornalista foi morto a tiros, deixando outra pessoa gravemente ferida.

Moraes relator de Aras

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes será o relator do pedido de investigação contra o procurador-geral da República, Augusto Aras, pelo crime de prevaricação. Na quarta-feira (18), os senadores Alessandro Vieira (Cidadania-SE) e Fabiano Contarato (Rede-ES) apresentaram uma notícia-crime ao Conselho Superior do Ministério Público Federal alegando que Aras teria se omitido durante os ataques do presidente Jair Bolsonaro ao sistema eleitoral, e em ações do governo federal no combate à pandemia.

Newsletter

Para receber as principais notícias todos os dias no seu e-mail, cadastre-se na nossa newsletter 5 Fatos em newsletter.cnnbrasil.com.br

Mais Recentes da CNN