Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    “Sociedade se acostumou com alto nível de violência”, diz especialista à CNN sobre médicos executados no RJ

    Para Bruno Langeani, gerente de projeto do Instituto Sou da Paz, caso tem que servir como um chamado à ação para mudanças

    Lucas Schroederda CNN*

    O gerente de projetos do Instituto Sou da Paz, Bruno Langeani, afirmou à CNN nesta sexta-feira (6) que a sociedade brasileira se acostumou com alto nível de violência nos centros urbanos.

    “Não acho que a gente esteja num cenário muito pior no Rio de Janeiro do que a gente estava no ano passado. O problema é que a gente se acostumou com o nível de violência muito alto“, disse o especialista ao comentar os assassinatos de três médicos ortopedistas na Barra da Tijuca, na madrugada de quinta-feira (5).

    Na percepção de Langeani, o caso tem que servir como um chamado à ação para toda a sociedade. “Se a gente não se empenha em resolver esses problemas, ninguém está a salvo”.

    “A gente precisa cobrar ações de curto prazo que consigam estabilizar [a violência], mas precisamos ter discussões mais profundas sobre a política de segurança no Rio de Janeiro”, acrescentou Langeani.

    A Polícia Civil do Rio de Janeiro encontrou nesta manhã quatro corpos de suspeitos de realizar o ataque a tiros.

    Conforme explicou o especialista, existe a suspeita de que uma organização criminosa tenha realizado uma videoconferência num presídio para mandar matar os suspeitos de terem executado os ortopedistas.

    Veja também – Cappelli à CNN sobre execução de médicos: Não é aceitável crime decidir quem deve morrer

    *Produzido por Duda Cambraia, da CNN, em São Paulo