SP: MIS reabre com exposição sobre John Lennon; bibliotecas retomam atividades

A exposição 'John Lennon em Nova York por Bob Gruen' havia sido inaugurada em 13 de março de 2020, mas acabou suspensa temporariamente por conta da pandemia

Da CNN

Ouvir notícia

Mais um passo na retomada cultural da capital paulista. O Museu da Imagem e do Som (MIS) e as bibliotecas da cidade vão reabrir nesta sexta-feira (16).

A exposição “John Lennon em Nova York por Bob Gruen” havia sido inaugurada em 13 de março de 2020, mas acabou suspensa temporariamente por conta da pandemia da Covid-19.

Meses depois, a reabertura se dará com horário reduzido – do 12h às 18h – e 60% da capacidade de ocupação, além de todas as medidas de prevenção ao novo coronavírus – como uso de máscara, distanciamento social de 2 metros e totens de álcool.

Leia e assista também:

Ídolo do rock mundial, John Lennon completaria 80 anos
Cópia autografada de ‘Love Me Do’, primeiro single dos Beatles, será leiloada
Vídeo: médico canta ‘Imagine’ em homenagem aos colegas; assista

Exposição sobre John Lennon no MIS
Exposição sobre John Lennon no MIS
Foto: CNN Brasil (16.out.2020)

Na semana passada, John Lennon, o eterno vocalista do “The Beatles”, completaria 80 anos

Nascido em 9 de outubro, o cantor ficou conhecido por músicas que marcaram as décadas de 1960 e 1970, como os sucessos “Help”, “Come Together” e “All You Need is Love”, além do hit “Imagine”, feito em sua carreira solo. 

Lennon morreu no dia 8 de dezembro de 1980, assassinado por um fã na porta de seu prédio, em Nova York. 

Bibliotecas

A retomada das bibliotecas incluirá a restrição ao manuseio dos livros. Os visitantes não poderão tocar nos exemplares nem fazer doações de novos volumes.

O catálogo, no entanto, será disponibilizado para acesso on-line, além de uso da sala de jogos e de estudo, mas com agendamento prévio.

A primeira semana terá horário reduzido e apenas 25% da capacidade de lotação. Na segunda semana, o limite passa para 40%.

(*Com informações de Henrique Andrade e Fabricio Julião, da CNN, em São Paulo, sob supervisão de  Julyanne Jucá)

Mais Recentes da CNN