Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Temporal deixa seis mortos em SP, segundo Defesa Civil

    Chuva forte fez vítimas em Osasco, Limeira, São Paulo, Santo André e Suzano

    Da CNN*

    São Paulo

    O temporal que atingiu o estado de São Paulo na tarde desta sexta-feira (3) deixou seis vítimas fatais, segundo a Defesa Civil.

    Segundo um balanço parcial da Defesa Civil, uma das mortes ocorreu no interior do estado, na região de Limeira, após o desabamento de um muro.

    Em Osasco, um jovem de 21 anos morreu após um muro desabar na Avenida Luis Rink. A queda de uma árvore atingiu o veículo onde a vítima estava. O Corpo de Bombeiros foi acionado, mas ele não resistiu.

    O terceiro óbito aconteceu na região do Grande ABC, em Santo André, devido à queda da parede do 18º andar de um prédio em construção.

    Ainda de acordo com a Defesa Civil, outras quedas de árvores causaram uma morte em Suzano, e duas mortes na Zona Leste de São Paulo, onde duas pessoas faleceram dentro de um veículo.

    As rajadas de vento chegaram a 151km/h na região de Santos. Ao todo, foram registradas 120 quedas de árvores na capital paulista e na região metropolitana.

    Toda a cidade de São Paulo foi colocada em estado de alerta para alagamentos após um temporal afetar a região por volta das 16h30.

    A situação foi alertada pelo Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas (CGE) da Prefeitura, que já apontava para a possibilidade de pancadas de chuva em nível moderado no horário.

    Segundo a agência, o alerta se deu pela aproximação de uma frente fria que organiza áreas de instabilidades com forte intensidade que seguem avançando do interior do estado.

    O Corpo de Bombeiros informou que foram registrados 120 queda de árvores, uma enchente e 12 desabamento na capital e região metropolitana.

    VÍDEO – Chuva deixa cidades em estado de calamidade pública no sul do Brasil

    *Publicado por Pedro Jordão, com informações de Giovana Bronze, ambos da CNN em São Paulo