Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Três alunos são esfaqueados em escola municipal do Rio

    Vítimas foram conduzidas por equipes do Corpo de Bombeiros para o Hospital Municipal Evandro Freire

    Cleber RodriguesCamile Coutoda CNN

    no Rio de Janeiro

    Três alunos foram esfaqueados em uma escola municipal do Rio de Janeiro nesta sexta-feira (6). O caso aconteceu na Escola Municipal Brigadeiro Eduardo Gomes, na Ilha do Governador.

    No local, a Polícia Militar do Rio de Janeiro verificou que os alunos foram feridos a golpes de faca por outro estudante.

    As vítimas foram conduzidas por equipes do Corpo de Bombeiros para o Hospital Municipal Evandro Freire. Os feridos estão estáveis.

    Uma equipe da Patrulha Escolar do 17º BPM conduzirá o agressor à 37ª DP para registro da ocorrência.

    Procurada pela CNN, a Secretaria Municipal de Educação (SME) confirmou a ocorrência.

    A SME informou que um aluno feriu três estudantes da Escola Municipal Brigadeiro Eduardo Gomes. Os alunos feridos receberam atendimento na escola por uma equipe do SAMU e foram encaminhados para o hospital municipal Evandro Freire com ferimentos leves. As três crianças feridas estão estáveis. O aluno que esfaqueou os colegas é menor de idade e está acompanhado da Patrulha Escolar e do Conselho Tutelar, ele também se encontra estável, apenas com um ferimento no dedo.

    O agressor já estava recebendo apoio psicológico, por meio do CAPSI (Centro de Atenção Psicossocial), que é o equipamento da saúde que cuida de saúde mental.

    A equipe do Centro de Atenção Psicossocial Infantojuvenil (CAPSi) da Ilha do Governador está dando suporte aos alunos e famílias, tanto das vítimas quanto de outros estudantes que testemunharam o ocorrido.

    Polícia Militar do RJ foi acionada na manhã desta sexta-feira (6) para atender uma ocorrência de esfaqueamento em uma escola municipal do Rio
    Polícia Militar do RJ foi acionada na manhã desta sexta-feira (6) para atender uma ocorrência de esfaqueamento em uma escola municipal do Rio / CNN