Vacina da Moderna para adolescentes e mais da noite de 23 de julho

5 Fatos Noite, apresentado por Carol Nogueira, repercute principais notícias do Brasil e do mundo

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

Vacina da Moderna contra a Covid-19 aprovada para adolescentes, Ministério da Saúde vai rescindir contrato de compra da Covaxin e mais da noite desta sexta-feira, 23 de julho de 2021.

Aprovada

A agência de medicamentos da Europa aprovou o uso da vacina da Moderna contra a Covid-19 para adolescentes de 12 a 17 anos. A recomendação é válida para uso emergencial do imunizante. Ainda não há data para a autorização definitiva nem para início da imunização dos adolescentes.

Determinou

A Justiça de São Paulo determinou a vacinação contra Covid-19 de presos em até quinze dias. O governo do estado tem 48 horas para apresentar um cronograma sob pena de multa diária a ser definida. Em nota, a Secretaria de Administração Penitenciária diz que mais de 27 mil detentos já foram vacinados contra a Covid-19 em todo estado.

Câmeras

O Rio de Janeiro vai usar câmeras para monitorar ações de agentes de segurança. O governo estadual publicou no Diário Oficial a convocação de uma audiência para aquisição dos equipamentos. Além das câmeras e dos kits para instalação, o contrato também prevê a compra de computadores e telas para monitoramento remoto.

Contrato

O Ministério da Saúde vai rescindir contrato com a Precisa Medicamentos para a compra da vacina Covaxin. A decisão foi tomada por causa do descredenciamento da empresa feito pela farmacêutica Bharat Biotech.

Drones

Dubai está usando drones para produzir uma chuva artificial na tentativa de conter calor de quase 50 graus. A iniciativa acontece em um momento em que o país enfrenta uma onda de calor extremo.

Newsletter

Para receber as principais notícias todos os dias no seu e-mail, cadastre-se na nossa newsletter 5 Fatos em newsletter.cnnbrasil.com.br

Moderna garante boa proteção de seu imunizante com a aplicação de duas doses
Moderna garante boa proteção de seu imunizante com a aplicação de duas doses
Foto: Dado Ruvic/Reuters

 

Mais Recentes da CNN