Vacinação de crianças contra Covid, Carnaval de rua suspenso no RJ e mais de 5 de janeiro

Confira o '5 Fatos Manhã', com as principais notícias do dia

Fabrizio Neitzkeda CNN

Em São Paulo

Ouvir notícia

O provável anúncio da inclusão de crianças de 5 a 11 anos no plano de imunização contra o novo coronavírus e a suspensão do Carnaval de rua em oito capitais do país estão entre os destaques do 5 Fatos da manhã de 5 de janeiro de 2022.

Vacinação em crianças

O Ministério da Saúde deve anunciar nesta quarta-feira (5) a inclusão de crianças de 5 a 11 anos no plano nacional de imunização contra a Covid-19. O chefe da pasta, Marcelo Queiroga, agendou para a tarde de hoje uma entrevista coletiva onde deve divulgar como e quando a vacinação será feita.

Primeiro lote de imunização

A expectativa do governo federal é de imunizar 1,25 milhão de crianças com o primeiro lote. Segundo o analista da CNN Caio Junqueira, a expectativa do Ministério da Saúde é de que os imunizantes cheguem ao país já na próxima semana.

Internação de Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro (PL) apresentou melhora no quadro de saúde e pôde retirar a sonda nasogástrica. Contudo, Bolsonaro segue internado sem previsão de alta no hospital Vila Nova Star, em São Paulo, se recuperando da obstrução intestinal que o fez interromper as férias em São Francisco do Sul (SC) na noite de domingo.

Passaporte da vacina

O presidente do Superior Tribunal de Justiça, o ministro Humberto Martins, negou o pedido de um servidor do Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF-3) para trabalhar presencialmente sem apresentar o comprovante de vacinação contra a Covid-19. Na decisão, Martins defendeu que a apresentação do passaporte da vacina não configura constrangimento ilegal.

Carnaval de rua

A realização do Carnaval de rua em 2022 está suspensa em pelo menos oito capitais brasileiras. Ontem, o prefeito do Rio do Janeiro, Eduardo Paes (PSD), confirmou o cancelamento das festas este ano na capital fluminense – o desfile das escolas de samba na Sapucaí e a realização de festas particulares, porém, seguem autorizados desde que tenham limite de público e exigência de passaporte da vacina.

Newsletter

Para receber as principais notícias todos os dias no seu e-mail, cadastre-se na nossa newsletter 5 Fatos em newsletter.cnnbrasil.com.br

Mais Recentes da CNN