Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Vídeo: Criança de 2 anos comemora aniversário com bolo de areia e comove no interior do Piauí

    As imagens foram divulgadas pelo Projeto Mundo Colorido e desencadeou uma onda de doações para a família.

    Luan Leãoda CNN

    Na sexta-feira (12), Maxsuel Ferreira completou 2 anos. Um vídeo publicado nas redes sociais mostrava o pequeno alegre com os amigos do bairro, batendo palma e cantando parabéns.

    Maria Lucineide Ferreira, mãe de Suel, como é conhecido, contou à CNN que não tinha condições de fazer uma festa para comemorar a data. “No primeiro momento eu fiquei triste, muito triste por não poder ajudar ele”, disse.

    No entanto, uma vizinha de Lucineide, a adolescente Dariely, de 13 anos, disse que o aniversário seria comemorado. Com a ajuda de outras crianças do bairro Invasão, na cidade de Barras, no estado do Piauí, começaram a confeccionar bolo e docinhos de areia para o aniversário.

    Dariely montou o bolo utilizando uma bacia como molde. A adolescente também teve a ideia de cortar o tubo de uma caneta azul, derramar em um papel, e utilizar a tinta para decorar o bolo de areia.

    No vídeo que viralizou, o pequeno Suel aparece feliz, rodeado com os amigos, batendo palma e cantando os parabéns.“Eu resolvi tirar foto para guardar de recordação como se fosse a comemoração de verdade”, contou Lucineide.

    O vídeo gravado pela mãe foi compartilhado por um outro vizinho e chegou até o Projeto Mundo Colorido, fundado há oito anos, e que realiza ações solidárias na cidade.Uma das idealizadoras do projeto, Amandah Souza, disse à CNN que entrou em contato com a família para entender as necessidades básicas e iniciar uma campanha de doações.

    Lucineide mora com os três filhos em uma casa de um cômodo, sem banheiro. A mulher é mãe solo, depois de ter se separado do pai da filha mais nova no ano passado.

    Antes, Lucineide trabalhava dando aulas de reforço particular. No entanto, teve que para após o nascimento de Nicole, e hoje, a renda da família depende de auxílios do governo federal. “_(o valor do auxílio)_Dá para a gente passar, eu consigo comprar o bruto para as crianças”, disse a mãe.

    De acordo com Amandah, várias pessoas começaram a procurar o projeto, interessados em realizar doações dos mais variados tipos, desde brinquedos até mobília para a casa. Ela disse ainda da alegria em poder ter iniciado essa corrente do bem.  “A gente tá imensamente feliz, porque vai ajudar no futuro do Suel, e vai mostrar para o mundo o nosso trabalho”.

    “Tô me sentindo muito feliz, com todo mundo que tá me ajudando”, falou empolgada Lucineide à CNN. Ao longo da semana, Suel ganhou outras festas e comemorou ao lado dos amiguinhos. A família segue recebendo doações através da intermediação do projeto Mundo Colorido.