Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Fortaleza x Boca: argentinos farão primeiro jogo oficial no Nordeste brasileiro

    Confronto pela terceira rodada da fase de grupos da Copa Sul-Americana será nesta quinta-feira (25); Boca já jogou amistoso contra o Fortaleza, no Castelão

    Jogadores do Boca no CT do clube, na Argentina, antes do embarque para Fortaleza
    Jogadores do Boca no CT do clube, na Argentina, antes do embarque para Fortaleza Divulgação / Boca Jr

    Marcel Rizzoda Itatiaia

    O Boca Juniors já esteve no Nordeste brasileiro, inclusive em Fortaleza, mas para amistosos e levou um time reserva misturado com garotos. Com sua equipe principal, o tradicional time argentino, seis vezes campeão da Copa Libertadores, estará pela primeira vez na região para uma partida oficial nesta quinta-feira (25).

    Pelo Grupo D da Copa Sul-Americana, Fortaleza e Boca jogam pela terceira rodada na Arena Castelão, na capital cearense. O confronto começa às 21h (de Brasília), terá transmissão pelo Star+ e mais de 50 mil pessoas na arquibancada.

    Em jogos oficiais, o Boca já enfrentou 14 clubes brasileiros diferentes. Quase todos do eixo São Paulo/Rio/Minas/Rio Grande do Sul, em confrontos por diversos torneios organizados pela Conmebol, da Libertadores à Sula, passando por Recopa, Copa Conmebol, Supercopa de Campeões e Copa Mercosul.

    Nunca uma partida dessas foi contra um time nordestino. O Boca já esteve no Norte. Em 2003,pela Libertadores, o Paysandu chegou às oitavas de final e cruzou justamente contra os argentinos. Na ida, no mítico La Bombonera, vitória brasileira por 1 a 0. Mas na volta, no Mangueirão, em Belém, os argentinos estavam inspirados, fizeram 4 a 2 e avançaram às quartas de final. O Boca seria campeão batendo o Santos na final.

    Os times brasileiros que o Boca mais enfrentou oficialmente foram Cruzeiro e Palmeiras, por 14 oportunidades. Contra a Raposa foram seis vitórias, quatro empates e quatro derrotas. Já frente aos paulistas, duas vitórias, nove empates e três derrotas.

    Boca x brasileiros em jogos oficiais:

    • Cruzeiro – 14 partidas (6v/4/e/4d)
    • Palmeiras – 14 (2v/9e/3d)
    • Corinthians – 12 (3v/7e/2d)
    • São Paulo – 12 (5v/3e/4d)
    • Internacional – 8 (3v/1e/4d)
    • Santos – 8 (3v/1e/4d)
    • Atlético-MG – 8 (3v/4e/1d)
    • Fluminense – 7 (2v/2e/3d)
    • Grêmio – 6 (4v/1e/1d)
    • Athletico-PR – 4 (4v/1e/1d)
    • Vasco – 4 (2v/2e)
    • Flamengo – 4 (3v/1d)
    • Paysandu – 2 (1v/1d)
    • São Caetano – 2 (2e)

    O amistoso de 2010

    O Boca já esteve no Castelão, na capital cearense, encarando o Fortaleza. Não era o time principal da equipe argentina, é verdade, mas um combinado de reservas e garotos que viajaram ao Brasil, a convite da direção do Leão, para o jogo da entrega das faixas do título Cearense de 2010, conquistado algum tempo antes contra o arquirrival Ceará.

    No dia 29 de maio de 2010, no antigo Castelão, que ainda não havia sido fechado para a reforma executada por causa da Copa do Mundo de 2014, o Fortaleza venceu o Boca Juniors por 3 a 1.

    Os argentinos não tinham Riquelme ou Palermo, mas o Fortaleza tinha Reginaldo Júnior, Jhones e Gaúcho, autores dos gols. Saavedra fez o de honra dos argentinos, que dois dias antes jogaram, e perderam de 2 a 1, para o ABC de Natal, na capital potiguar, para capitalizar mais a viagem.

    O meia-atacante Cañete fazia parte do time e anos dois jogaria no São Paulo, na Portuguesa, no Náutico, no CRB e no São Bernardo, rodando o Brasil. Hoje ele atua no Huachipato, do Chile.

    O treinador do Fortaleza era o ex-lateral-direito Zé Teodoro. O time estava na Série C do Campeonato Brasileiro, após cair da B em 2009. E não conseguiria o acesso após acabar na 10ª colocação.

    Acompanhe a CNN Esportes em todas as plataformas

    Este conteúdo foi criado originalmente em Itatiaia.

    versão original

    Tópicos

    Tópicos