Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Influenciadora que recebia R$ 250 mil por semana para divulgar “Jogo do tigrinho” é presa em Fortaleza

    Skarlete Melo e seu companheiro, Erick Costa de Brito, foram detidos em um hotel onde realizariam um evento de promoção do jogo de azar

    Divulgação

    Ana Coelho São Paulo

    A influenciadora digital Skarlete Melo foi presa nesta sexta-feira (15) em Fortaleza por promover o “Jogo do Tigre”. Segundo a polícia, ela recebia um pagamento semanal de R$ 250 mil para divulgar o jogo de azar.

    As investigações apontam para uma rede criminosa, envolvida não apenas no jogo ilegal, mas também em crimes como homicídio, tráfico de drogas, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

    Segundo o delegado Thiago Dantas, responsável pelo caso, Skarlete e o companheiro, Erick Costa de Brito, de 23 anos, com histórico criminal e condenação por homicídio, foram localizados em um hotel de alto padrão na capital cearense.

    O casal havia alugado cerca de 30 quartos do estabelecimento para realizar um evento de promoção do “Jogo do Tigre”.

    Os investigados viviam um estilo de vida luxuoso e se deslocavam por diferentes regiões do Brasil para evitar a captura. Eles residiam em uma casa localizada em um condomínio de luxo em Eusébio, no Ceará, e possuíam um Porsche avaliado em R$ 475 mil, que foi apreendido durante a operação.

    Segundo a polícia, três pessoas foram presas durante a operação. Foram cumpridos mandados de busca e apreensão, e também foi aplicada uma medida cautelar diferente da prisão, através do uso de tornozeleiras eletrônica.

    Além do envolvimento nos jogos ilegais, as prisões estão relacionadas a crimes como homicídio, tráfico de drogas, lavagem de dinheiro e organização criminosa, segundo Dantas.

    Em setembro, a Polícia Civil do Maranhão deflagrou a primeira fase da operação contra suspeitos de envolvimento em um esquema de pirâmide financeira envolvendo o jogo Fortune Tiger, plataforma digital popularmente conhecida no Brasil como “Joguinho do Tigre”.

    Na primeira fase da operação, foram cumpridos no total cinco mandados de busca e apreensão em endereços residenciais e comerciais, incluindo uma oficina mecânica, em São Luís. O principal alvo da operação foi uma influenciadora digital e divulgadora do jogo. Com ela, os policiais apreenderam três veículos, sendo dois de luxos, três motocicletas e um jet-ski.