Ex-ministro de Bolsonaro, Gustavo Bebianno morre aos 56 anos


Da CNN Brasil, em Brasília
14 de março de 2020 às 07:26 | Atualizado 15 de março de 2020 às 17:53
Gustavo Bebianno, ex-ministro de Jair Bolsonaro, morreu aos 56 anos

Gustavo Bebianno, ex-ministro de Jair Bolsonaro e pré-candidato a prefeito do Rio, morreu neste sábado (14) em Teresópolis

Foto: Valter Campanato - 14.jan.2019/ Agência Brasil

Morreu na madrugada deste sábado (14), vítima de infarto, o político Gustavo Bebianno, ex-ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República do governo Jair Bolsonaro. Ele também era pré-candidato a prefeito pelo PSDB-RJ.

Bebianno estava em um sítio da família na cidade de Teresópolis, região Serrana do Rio de Janeiro, na companhia do filho e de um caseiro quando se sentiu mal, por volta das 4h.

Ele desmaiou no banheiro, quando tomava um remédio, e foi levado para um hospital do município, onde morreu. 

O corpo do ex-ministro foi enterrado em um cemitério em Teresópolis.

(Com Estadão Conteúdo)