Panelaço contra Bolsonaro repercute nas redes sociais


Da CNN Brasil, em São Paulo
17 de março de 2020 às 23:01

Bairros de São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília e Belo Horizonte tiveram panelaço contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) na noite desta terça-feira (17). O ato repercutiu nas redes sociais.

O protesto ocorreu pouco depois de o governo anunciar que vai pedir ao Congresso decretação de estado de calamidade pública por causa do novo coronavírus. Horas antes, o presidente voltou a falar em histeria em relação à pandemia, que já infectou quase 300 pessoas no Brasil e teve nesta terça-feira (17) a primeira morte confirmada no país. O presidente afirmou que medidas tomadas pelos governadores contra a doença vão causar "um baque" na economia.

O panelaço repercutiu nas redes sociais. Entre os assuntos mais buscados no Google por volta das 20h20 desta terça estavam "panelaço" e "Jair Bolsonaro". No Twitter, #AcabouBolsonaro e #RespeiteOPresidente eram as hashtags mais usadas no horário.