Congresso e STF decretam luto oficial por mais de 10 mil mortes por Covid-19

País ultrapassou a marca de 10 mil mortes neste sábado (9), segundo dados das secretarias de saúdes estaduais

Gabriela Coelho, da CNN*, em Brasília
09 de maio de 2020 às 14:33 | Atualizado 09 de maio de 2020 às 17:45

O Palácio Nereu Ramos, ou Palácio do Congresso Nacional, onde ficam as cúpulas da Câmara dos Deputados e do Senado Federal

Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado

O Congresso Nacional e o Supremo Tribunal Federal (STF) decretaram luto oficial de três dias em razão das mais de dez mil mortes causadas pelo novo coronavírus no Brasil.

O país ultrapassou a marca de 10 mil mortes neste sábado (9), segundo dados das secretarias de Saúde estaduais. São 146.973 casos confirmados de Covid-19 no país, e 10.020 óbitos.

Até sexta-feira (8) no último dado disponibilizado pelo Ministério da Saúde, o Brasil contabilizava 9.897 óbitos por Covid-19.

Em nota, o presidente do STF, ministro Dias Toffoli, afirmou que "os números, por si só, não dão conta do tamanho da tragédia". "Cada vítima tinha um nome e projetos de vida que foram interrompidos, bem como familiares e amigos que agora sofrem com essa grande perda”, disse. 

Para Toffoli, é preciso “mais do que nunca, unir esforços, em solidariedade e fraternidade, em prol da preservação da vida e da saúde. A saída para esta crise está na união, no diálogo e na ação coordenada, amparada na ciência, entre os Poderes, as instituições, públicas e privadas, e todas as esferas da Federação desse vasto país.”

A bandeira em frente ao Congresso, na praça dos Três Poderes, em Brasília, foi hasteada a meio-mastro às 14h. De acordo com o ato, publicado em edição extra do Diário Oficial, ficam proibidas quaisquer celebrações, comemorações ou festividades enquanto durar o luto.

*Com informações do Estadão Conteúdo